Programação:
Home Blog Page 2

Com briga generalizada e oito expulsões, primeiro Grenal na Libertadores termina sem gols

0
Primeiro Grenal da história pela Libertadores teve muita confusão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

No Grenal 424, na Arena, pela Libertadores faltaram gols e sobraram expulsões 

Grêmio e Inter protagonizaram cenas dignas de MMA na Arena (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O 1º clássico Grenal da história pela  Copa Libertadores da América, Grêmio e Internacional empataram por 0 a 0, nesta quinta-feira (12), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 2ª rodada do grupo E. Muito além do futebol, o jogo ficará marcado, mesmo, pela confusão generalizada entre os jogadores nos minutos finais, que renderam oito expulsões, quatro para cada lado.

Com o empate, as duas equipes foram a quatro pontos, mas pelo saldo de gols (3 a 2), o Colorado se manteve na liderança da chave E.

Nesta quinta-feira, a Conmebol decidiu suspender os jogos da competição previstos para a semana que vem por causa da pandemia do novo coronavírus. Com isso, o clássico 424 foi o último jogo da fase de grupos competição, ao menos até o momento. Afinal, A medida é válida para o período entre os dias 15 e 21 de março. Não há confirmação a respeito de quando ocorrem os próximos jogos.

A dupla Grenal volta a campo no próximo domingo (15) pela 3ª rodada do 2° turno do Campeonato Gaúcho. Às 11h, o Grêmio recebe o São Luiz na Arena. Mais tarde, às 19h, o Internacional vai ao estádio Francisco Novelletto (Passo D´Areia) para encarar o São José.

O pau comeu na casa de Noca

Aos 39 minutos do segundo tempo, a partida descambou para uma das maiores confusões da história de 110 anos do Grenal. Após uma dividida, Moisés e Pepê discutiram, Edenílson e Luciano trocaram tapas e tentativas de estrangulamento. A partir daí, teve início uma confusão generalizada e o pau comeu na casa de Noca.

Após a poeira baixar, o árbitro argentino Fernando Rapallini distribuiu quatro cartões vermelhos: Pepê e Luciano, do Tricolor, e Moisés e Edenílson, do Colorado.

Na sequência houve uma nova confusão e o juiz expulsou mais quatro atletas: Caio Henrique e Paulo Miranda (banco), do Grêmio, e Cuesta e Praxedes (banco), do Inter.

Grêmio 0 x 0 Internacional
Ficha Técnica
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (Brasil).
Arbitragem: Fernando Rapallini (Argentina), auxiliado por Juan Pablo Belatti (Argentina) e Gabriel Chade (Argentina). Quarto árbitro: Dario Herrera (Argentina).
Cartões amarelos: David Braz, Alisson e Lucas Silva (GRÊ); Marcos Guilherme, Uendel e Musto (INT).
Cartões vermelhos: Pepê, Luciano, Paulo Miranda e Caio Henrique (GRÊ); Moisés, Edenilson, Cuesta e Praxedes (INT).
Público: 49.971 pagantes (53.389 presentes)/Renda: R$ 3.496.713.

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Caio Henrique; Lucas Silva, Maicon (Jean Pyerre) e Matheus Henrique; Alisson (Pepê), Everton e Diego Souza (Luciano). Técnico: Renato Portaluppi.

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei, Bruno Fuchs, Cuesta e Undel (Moisés); Musto, Edenílson, Boschilia e Marcos Guilherme; Thiago Galhardo (D’Alessandro) e Guerrero (Rodrigo Lindoso) Técnico: Eduardo Coudet.

Copa Libertadores da América 2020 – Fase de Grupos – 2ª rodada

1

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

Grupo A

Quarta-feira, 11/3
Estádio Gonzalo Pozo Ripalda (Chillogallo) – Quito – 21h30
Independiente del Valle 3 x 0 Junior Barranquilla
Fernando Guerrero 15′ 2T
Moisés Caicedo 39′ 2T
Lorenzo Faravelli 49′ 2T

Foto: Independiente del Valle/Divulgação

Independiente del Valle 3 x 0 Junior Barranquilla
Ficha Técnica
Local: Estádio Gonzalo Pozo Ripalda (Chillogallo), em Quito (Equador).
Arbitragem: Diego Haro (Peru), auxiliado por Victor Raez (Peru) e Raúl López Cruz (Peru). Quarto árbitro: Michael Espinoza (Peru).
Gols: Fernando Guerrero 15′ 2T, Moisés Caicedo 39′ 2T e Lorenzo Faravelli 49′ 2T
Cartões amarelos: Gabriel Fuentes, Germán Mera, Freddy Hinestroza (JB).

IDV: Jorge Pinos; Beder Caicedo, Luis Segovia, Richard Schunke, Ángel Preciado; Cristian Pellerano, Pablo Faravelli, Éfren Mera (Moisés Caicedo), Cristian Ortiz, Fernando Guerrero (Jhon Sánchez) e Gabriel Torres (Jacob Murillo). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Junior Barranquilla: Sebastián Viera, Fabián Alarcon, Jefferson Gómez, Germán Mera e Gabriel Fuentes; Didier Moreno, Larry Vásquez, Freddy Hinestroza, Edwuin Cetré (Téo Gutiérrez) e Luis González; Miguel Borja. Técnico: Julio Comesaña.

Quarta-feira, 11/3
Maracanã – Rio de Janeiro – 21h30
Flamengo 3 x 0 Barcelona
Gustavo Henrique 38′ 1T
Gabriel 44′ 1T
Bruno Henrique 7′ 2T

Foto: Alexandre Vidal/CRF

Flamengo 3 x 0 Barcelona
Ficha Técnica
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (Brasil).
Arbitragem: Facundo Tello (Argentina), auxiliado por Julio Fernández (Argentina) e Pablo González (Argentina). Quarto árbitro: Nicolás Lamolina (Argentina).
Gols: Gustavo Henrique 38′ 1T, Gabriel 44′ 1T e Bruno Henrique 7′ 2T
Cartões amarelos: Filipe Luís (FLA); Damián Díaz, Jonatan Álvez, Bedoya (BAR)
Público: 58.100 pagantes (63.426 presentes)/Renda: R$ 4.411.842,50.

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Léo Pereira, Gustavo e Filipe Luís; Thiago Maia (Diego), Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta (Michael); Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Técnico: Jorge Jesus.

Barcelona: Mendonza; Velasco, Aimar (Bedoya), Riveros e Castillo; Gabriel Marques, Piñateres, Damian Díaz (Oyola), Emmanuel Martínez e Fidel Martínez (Montaño); Jonatan Álvez. Técnico: Fabián Bustos.

Grupo B

Terça-feira, 10/3
Hernando Siles – La Paz – Bolívia – 19h15
Bolívar 2 x 0 Tigre
Jorge Enrique Flores 3´ 2T
Erwin Saavedra 24´ 2T

Foto: Bolívar/Twitter/Divulgação

Bolívar 2 x 0 Tigre
Ficha Técnica
Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia).
Arbitragem: Ángel Arteaga Cabriales (Venezuela), auxiliado por Carlos López (Venezuela) e Alberto Ponte (Venezuela). Quarto árbitro: Alexis Herrera (Venezuela).
Gols: Jorge Enrique Flores 3´ 2T e Erwin Saavedra 24´ 2T.
Cartões amarelos: Cristhian Machado, Luis Gutiérrez, Teodoro Paredes (BOL); Facundo Giacopuzzi (TIG).

Bolívar: Javier Rojas; Adrián Jusino, Teodoro Paredes, Oscar Ribera, Jorge Henrique Flores, Cristhian Machado (Victor Abrego), Fidencio Oviedo, Emiliano Vecchio (Pedro Azogue), Erwin Saavedra, Juan Carlos Arce (Luis Gutiérrez), Jorge Pereyra Diaz. Técnico: Claudio Vivas.

Tigre: Marco Wolff; Martín Galmarini, Facundo Giacopuzzi, Ezequiel Rodríguez e Diego Sosa; Agustín Cardozo, Fabricio Domínguez (Carlos Luna), Facundo Melivilo (Iván Bolaño), Gustavo Villaruel (Franco Bustamante), Jonathan Ramis e Enzo Díaz. Técnico: Néstor Gorosito.

Terça-feira, 10/3
Allianz Parque – São Paulo – Brasil – 21h30
Palmeiras 3 x 1 Guaraní
Luiz Adriano 7´ 2T (PAL)
Luiz Adriano 27´ 2T (PAL)
Luiz Adriano 36´ 2T (PAL)
Raúl Bobadilla 43´ 2T (GUA)

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Palmeiras 3 x 1 Guaraní
Ficha Técnica
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP).
Arbitragem: Roberto Tobar (Chile), auxiliado por Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile).
Gols: Luiz Adriano 7´ 2T, 27´ 2T e aos 36´ 2T (PAL); Raúl Bobadilla 43´ 2T (GUA).
Cartões amarelos: Marcos Rocha, Gómez (PAL); Morel, Rodrigo Fernandez, Edgar Benitez, Merlini, Baez (GUA).
Público: 28.267 pagantes/Renda: R$ 1.900.019,84.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gómez (Vitor Hugo) e Viña; Bruno Henrique, Ramires (Patrick de Paula) e Dudu; Willian (Zé Rafael), Rony e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Guaraní: Servio; Davalos, Romaña, Baez e Guillermo Benítez; Redes, Rodrigo Fernández, Angel Benitez e Morel (Barrientos); Edgar Benítez (Merlini) e Raúl Bobadilla. Técnico: Gustavo Costas.

Grupo C

Quarta-feira, 11/3
Monumental – Santiago – Chile – 19h15
Colo-Colo 1 x 0 Athletico Paranaense
Pablo Mouche 10´ 1T

Foto: Bruno Baggio/Site Oficial

Colo-Colo 1 x 0 Athletico Paranaense
Ficha Técnica
Local: Monumental, em Santiago (Chile)
Arbitragem: Nicolas Gallo (Colômbia), auxiliado por Alexander Guzman (Colômbia) e Wilmar Navarro (Colômbia). Quarto árbitro: Wilmar Navarro (Colômbia).
Gol: Pablo Mouche 10´ 1T
Cartões amarelos: Campos, Opazo (CC); Carlos Eduardo, Márcio Azevedo (CAP)

Colo-Colo: Cortez, Opazo, Campos, Insaurralde e Suazo; Fuentes, Carmona, Bolados (Véjar), Valencia e Mouche (Parraguez); Blandi (Alarcon). Técnico: Gualberto Jara

Athletico-PR: Jandrei, Adriano (Vitinho), Robson Bambu, Thiago Heleno e Marcio Azevedo; Wellington, Erik (Marquinhos Gabriel) e Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo (Jajá) e Guilherme Bissoli. Técnico: Dorival Junior

Quarta-feira, 11/3
Campeón del Siglo – Montevidéu – Uruguai – 19h15
Peñarol 1 x 0 Jorge Wilstermann
Alejandro Meléan (contra) 23′ 2T

Foto: Penãrol/Twiiter

Peñarol 1 x 0 Jorge Wilstermann
Ficha Técnica
Local: Campeón del Siglo, em Montevidéu (Uruguai).
Arbitragem: José Argote (Venezuela), auxiliado por Franchescoly Chacón (Venezuela) e José Urrego (Venezuela). Quarto árbitro: Orlando Bracamonte (Venezuela).
Gol: Alejandro Meléan (contra) 23′ 2T
Cartões amarelos: Krisztián Vadócz, Matías Britos (PEÑ); Serginho, Luis Justiniano, Juan Aponte (JW).
Cartão vermelho: Rodrigo Abascal (PEÑ)

Penãrol: Kevin Dawson, Giovanni González, Gary Kagelmacher, Rodrigo Abascal, Gabriel Rojas, Krisztián Vadócz, Jesús Trindade, Kevin Lewis (Xisco Jiménez), Facundo Pellistri, David Terans (Matías De Los Santos) e Luis Acevedo (Matías Britos). Técnico: Diego Forlán.

Jorge Wilstermann: Arnaldo Giménez, Edward Zenteno, Marco Torsiglieri (Ramiro Ballivian), Ismael Benegas, Juan Aponte, Cristian Chávez, Luis Justiniano, Alejandro Melean (Jaime Arrascaita), Serginho, Esteban Orfano e Ricardo Pedriel (Humberto Osorio). Técnico: Cristian Díaz.

Grupo D

Quarta-feira, 11/3
Monumental de Núñez – Buenos Aires – 19h15
River Plate 8 x 0 Binacional
Milton Casco 37′ 1T
Rafael Santos Borré 10′ 2T
Jorge Carrascal 13′ 2T
Nacho Fernández 28′ 2T
Robert Rojas 33′ 2T
Paulo Díaz 35′ 2T
Matías Suárez 42′ 2T
Nacho Fernández 46′ 2T

Foto: River Plate/Twitter

River Plate 8 x 0 Binacional
Ficha Técnica
Local: Monumental de Núñez, em Buenos Aires (Argentina).
Arbitragem: Jesus Valenzuela (Venezuela), auxiliado por Luis Murillo (Venezuela) e Lubin Torrealba (Venezuela). Quarto árbitro: Juan Soto (Venezuela).
Gols: Milton Casco 37′ 1T, Rafael Santos Borré 10′ 2T, Jorge Carrascal 13′ 2T, Nacho Fernández 28′ 2T, Robert Rojas 33′ 2T, Paulo Díaz 35′ 2T, Matías Suárez 42′ 2T e Nacho Fernández 46′ 2T
Cartões amarelos: Enzo Pérez (RP); Perez Madrid, Fajardo (DP).

River Plate: Franco Armani; Lucas Martinez Quarta, Robert Rojas (Juan Quintero 81), Paulo Díaz; Gonzalo Montiel, Nacho Fernández, Enzo Pérez, Nicolás De La Cruz (Jorge Carrascal), Milton Casco; Matías Suárez, Rafael Santos Borré (Nacho Scocco). Técnico: Marcelo Gallardo.

Deportivo Binacional: Raúl Fernández; Angel Arturo Pérez, John Fajardo, Eder Fernandez (Reimond Manco), Jeickson Reyes; Dahwling Leudo, Angel Ojeda (Andy Polar), Nery Bareiro, Yorkman Tello, Johan Arango; Marco Rodríguez (Roque Guachire). Técnico: Flabio Torres.

Quarta-feira, 11/3
Morumbi – São Paulo – Brasil – 21h30
São Paulo 3 x 0 LDU
Reinaldo 13′ 1T
Daniel Alves 14′ 1T
Igor Gomes 15′ 2T

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

São Paulo 3 x 0 LDU
Ficha Técnica
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (Brasil).
Arbitragem: Estebán Ostojich (Uruguai), auxiliado por Nicolás Tarán (Uruguai) e Agustín Berisso (Uruguai). Quarto árbitro: Andrés Matonte (Uruguai).
Gols: Reinaldo 13′ 1T, Daniel Alves 14′ 1T e Igor Gomes 15′ 2T
Cartões amarelos: Reinaldo (SPFC); Quintero, Guerra, Ayala, Juanfran, Valencia, Pablo (LDU).
Cartão vermelho: Sornoza (LDU).
Público: 39.107/Renda: R$ 2.957.861,83.

São Paulo: Volpi (Lucas Perri); Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Hernanes); Vitor Bueno (Pablo), Alexandre Pato e Antony. Técnico: Fernando Diniz

LDU: Gabbarini; Quintero, Guerra, Carlos Rodríguez e Ayala; Lucas Villarruel (Vega), Valencia, Marcos Caicedo e Zunino (Billy Arce); Sornoza e Borja (Aguirre). Técnico: Pablo Repetto.

Grupo E

Terça-feira, 10/3
San Carlos de Apoquindo – Santiago – Chile – 21h
Universidad Católica 1 x 2 América de Cali
Marcelino Núñez 46′ 1T (UC)
Duvan Vergara 21′ 1T (AC)
Matías Pisano 8′ 2T (AC)

Foto: Twitter: @adnradiochile

Universidad Católica 1 x 2 América de Cali
Ficha Técnica
Local: San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile).
Arbitragem: Gustavo Tejera (Uruguai), auxiliado por Richard Trinidad (Uruguai) e Santiago Fernández (Uruguai). Quarto árbitro: Andrés Cunha (Uruguai).
Gols: Marcelino Núñez 46′ 1T (UC); Duvan Vergara 21′ 1T e Matías Pisano 8′ 2T (AC)
Cartões amarelos: Aued, Zampedri (UC); Cabrera, Vergara, Torres, Chaux, Jaramillo (AM).

Universidad Católica: Matías Dituro; Raimundo Rebolledo, Tomás Asta-buruaga, Benjamin Kuscevic, Alfonso Parot (Juan Cornejo); César Pinares, Luciano Aued, Marcelino Núñez (Diego Valencia); César Munder (Diego Buonanotte), Fernando Zampedri, Edson Puch. Técnico: Ariel Holan.

América de Cali: Eder Chaux; Cristian Arrieta, Marlon Torres, Juan Pablo Segovia, Edwin Velasco; Yesus Cabrera (Felipe Jaramillo), Rodrigo Ureña, Carlos Sierra; Matías Pisano (Pedro Franco), Michael Rangel, Duván Vergara (Juan Pérez). Técnico: Aexandre Guimarães.

Quinta-feira, 12/3
Arena do Grêmio – Porto Alegre – Brasil – 21h
Grêmio 0 x 0 Internacional

Primeiro Grenal da história pela Libertadores teve muita confusão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Grêmio e Inter protagonizaram cenas dignas de MMA na Arena (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Grêmio 0 x 0 Internacional
Ficha Técnica
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (Brasil).
Arbitragem: Fernando Rapallini (Argentina), auxiliado por Juan Pablo Belatti (Argentina) e Gabriel Chade (Argentina). Quarto árbitro: Dario Herrera (Argentina).
Cartões amarelos: David Braz, Alisson e Lucas Silva (GRÊ); Marcos Guilherme, Uendel e Musto (INT).
Cartões vermelhos: Pepê, Luciano, Paulo Miranda e Caio Henrique (GRÊ); Moisés, Edenilson, Cuesta e Praxedes (INT).
Público: 49.971 pagantes (53.389 presentes)/Renda: R$ 3.496.713.

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Caio Henrique; Lucas Silva, Maicon (Jean Pyerre) e Matheus Henrique; Alisson (Pepê), Everton e Diego Souza (Luciano). Técnico: Renato Portaluppi.

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei, Bruno Fuchs, Cuesta e Undel (Moisés); Musto, Edenílson, Boschilia e Marcos Guilherme; Thiago Galhardo (D’Alessandro) e Guerrero (Rodrigo Lindoso) Técnico: Eduardo Coudet.

Grupo F

Quinta-feira, 12/3
Parque Central – Montevidéu – Uruguai – 19h
Nacional 1 x 0 Estudiantes de Mérida
Felipe Carballo 24′ 2T

Foto: Nacional/Twitter

Nacional 1 x 0 Estudiantes de Mérida
Ficha Técnica
Local: Parque Central, em Montevidéu (Uruguai).
Arbitragem: Wilton Sampaio (Brasil), auxiliado por Marcelo Van Gasse (Brasil) e Alessandro Rocha (Brasil). Quarto árbitro: Rodolpho Toski (Brasil).
Gol: Felipe Carballo 24′ 2T
Cartões amarelos: Mathías Laborda, Thiago Vecino, Mathías Suárez, Claudio Yacob (NAC); Jesús Meza, Edison Penilla, Daniel Linarez, Yorwin Lobo e Jaime Moreno (EM).

Nacional: Luis Mejía, Mathías Suárez, Guzmán Corujo, Mathías Laborda, Agustín Oliveros, Gabriel Neves, Felipe Carballo, Santiago Rodríguez (Pablo García), Rodrigo Amaral (Claudio Yacob), Gonzalo Castro e Thiago Vecino (Sebastián Fernández). Técnico: Gustavo Munúa.

Estudiantes de Mérida: Alejandro Araque, José Manríquez, Edison Penilla, José Marrufo, Daniel Linarez, Galileo Del Castillo (Yorwin Lobo), Cristhian Rivas, Jesús Meza (Alexis Messidoro), Christian Flores (Jaime Moreno), José Rivas Gamboa e Armando Araque. Técnico: Martín Brignani.

Quinta-feira, 12/3
Presidente Perón (El Cilindro) – Avellaneda – 21h
Racing 1 x 0 Alianza Lima
Nicolás Reniero 11′ 2T

Foto: Racing Club/Twitter

Racing 1 x 0 Alianza Lima
Ficha Técnica
Local: Presidente Perón (El Cilindro), em Avellaneda (Argentina).
Arbitragem: José Mendéz (Paraguai), auxiliado por Eduardo Cardozo (Paraguai) e Milciades Saldivar (Paraguai). Quarto árbitro: Juan Benítez (Paraguai).
Gol: Nicolás Reniero 11′ 2T
Cartões amarelos: Rubert Quijada e Adrián Balboa (AL).

Racing Club: Gabriel Arias; Iván Pillud, Nery Domínguez, Leonardo Sigali, Eugenio Mena; Benjamín Garré (Nicolás Reniero), Matías Zaracho, Leonel Miranda, Matías Rojas (David Barbona), Héctor Fértoli; Lisandro López (Darío Cvitanich). Técnico: Sebastián Beccacece.

Alianza Lima: Leao Butrón; Rubert Quijada (Rinaldo Cruzado), Alberto Rodríguez, Héctor Salazar, Carlos Beltrán; Josepmir Ballón, Aldair Fuentes; Alexi Gómez, Luis Aguiar (Joazinho Arroé); Osmlimg Mora (Cristian Zúñiga); Adrián Balboa. Técnico: Jaime Duarte.

Grupo G

Terça-feira, 10/3
Vila Belmiro – Santos – Brasil – 19h15
Santos 1 x 0 Delfín
Lucas Veríssimo 29′ 1T

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Santos 1 x 0 Delfín
Ficha Técnica
Local: Vila Belmiro, em Santos (Brasil)
Arbitragem: Kevin Ortega (Peru), auxiliado por Michael Orue (Peru) e Jesus Sánchez (Peru). Quarto árbitro: Miguel Santivañez (Peru).
Gol: Lucas Veríssimo 29′ 1T
Cartões amarelos: Lucas Veríssimo, Jobson, Felipe Jonatan, Luan Peres e Jesualdo Ferreira (técnico) (SFC); Cangá, Calderón e Alaníz (DEL).

Santos: Everson, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres, Felipe Jonatan, Jobson, Diego Pituca, Carlos Sánchez (Evandro), Soteldo, Eduardo Sasha (Arthur Gomes), Kaio Jorge (Yuri Alberto). Técnico: Jesualdo Ferreira.

Delfín: Baroja; González, Cangá, Agustín Ale e Geovanny Nazareno; Noboa, Calderón (Benítez), Alaníz e Janner Corozo (Valencia); Rojas (Cifuente) e Carlos Garcês. Técnico: Carlos Ischia.

Quarta-feira, 11/3
Manuel Ferreira – Assunção – Paraguai – 21h30
Olimpia 2 x 1 Defensa y Justicia
Carlos Rolón 15′ 2T (OLI)
Brian Montenegro 36′ 2T (OLI)
Marcelo Benítez 45′ 2T (DYF)

Foto: Olimpia/Twitter

Olimpia 2 x 1 Defensa y Justicia
Ficha Técnica
Local: Manuel Ferreira, em Assunção (Paraguai)
Arbitragem: Victor Carrillo (Peru), auxiliado por Jonny Bossio (Peru) e Coty Carrera (Peru). Quarto árbitro: Edwin Ordoñez (Peru).
Gols: Carlos Rolón 15′ 2T e Brian Montenegro 36′ 2T (OLI); Marcelo Benítez 45′ 2T (DYF).
Cartões amarelos: Rojas, Ortiz (OLI); Cardozo, Frias (DJ)
Cartão vermelho: Emmanuel Adebayor (OLI).

Olimpia: Alfredo Aguilar; Sergio Otálvaro, Carlos Rolón, Antolín Alcaraz y Miguel Samudio (Jorge Arias); Derlis González, Rodrigo Rojas, Richard Ortiz e Néstor Camacho (Brian Monteegro); Roque Santa Cruz (Alejandro Silva) e Emmanuel Adebayor. Técnico: Daniel Garnero.

Defensa y Justicia: Ezequiel Unsain; Juan Rodríguez, Adonis Frias (Enzo Coachi) e Héctor Martínez; Néstor Breitrenbuch, Francsico Cerro (Nicolás Leguizamón), Francisco Pizzini, Neri Cardozo e Marcelo Benítez; Juan Lucero e Rubén Botta (Rubén Botta). Técnico: Hernán Crespo.

Grupo H

Terça-feira, 10/3
Defensores del Chaco – Assunção – Paraguai – 21h30
Libertad 3 x 2 Caracas
Sebastián Ferreira 19′ 1T (LIB)
Sebastián Ferreira 19′ 2T (LIB)
Iván Franco 35′ 2T (LIB)
Anderson Contreras 26′ 1T (CAR)
Alexis Blanco 43′ 1T (CAR)

Libertad 3 x 2 Caracas
Ficha Técnica
Local: Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)
Arbitragem: Angelo Hermosilla (Chile), auxiliado por Roberto Orellana (Chile) e José Retamal (Chile). Quarto árbitro: Piero Maza (Chile).
Gols: Sebastián Ferreira 19′ 1T e 19′ 2T, Iván Franco 35′ 2T (LIB); Anderson Contreras 26′ 1T e Alexis Blanco 43′ 1T (CAR).
Alexander Mejía, Iván Piris, Iván Franco (LIB); Rosmel Villanueva, Robert Hernández (CAR)
Cartão vermelho: Rosmel Villanueva (CAR).

Libertad: Martín Silva, Luis Cardozo, Daniel Bocanegra (Antonio Bareiro), Iván Piris, Diego Viera, Iván Franco, Alexander Mejía, Héctor Villalba (Luciano Abecasis), Nicolás Milesi, Sebastián Ferreira, Óscar Cardozo. Técnico: Ramón Díaz.

Caracas: Cristhian Flores, Bernardo Añor, Eduardo Fereira (Diego Osio), Rosmel Villanueva, Carlos Rivero, Anderson Contreras (Javier Maldonado), Ricardo Andreutti, Leonardo Flores, Robert Hernández, Alexis Blanco, Richard Celis (Jorge Echeverría). Técnico: Noel Sanvicente.

Terça-feira, 10/3
La Bombonera – Buenos Aires – Argentina – 21h30
Boca Juniors 3 x 0 Independiente Medellín
Eduardo Salvio 35′ 1T
Eduardo Salvio 11′ 2T
Emanuel Reynoso 27′ 2T

Foto: Boca Juniors/Twitter

Boca Juniors 3 x 0 Independiente Medellín
Ficha Técnica
Local: La Bombonera, em Buenos Aires (Argentina)
Arbitragem: Guillermo Guerrero (Equador), auxiliado por Byron Moreno (Equador) e Christian Lescano (Equador). Quarto árbitro: Luís Quiroz (Equador).
Gols: Eduardo Salvio 35′ 1T e 11′ 2T, Emanuel Reynoso 27′ 2T
Cartões amarelos: Tevez, Reynoso (BJ); Caicedo, Cadavid, Flores (DIM)

Boca Juniors: Esteban Andrada; Julio Buffarini, Carlos Izquierdoz, Junior Alonso, Frank Fabra; Eduardo Salvio (Nicolas Capaldo), Guillermo Fernandez, Jorman Campuzano, Sebastián Villa; Franco Soldano (Ramón Ábila), Carlos Tevez (Emanuel Reynoso). DT: Miguel Ángel Russo.

Independiente Medellín: Andrés Felipe Mosquera; Didier Delgado, Jesús Murillo, Andres Cadavid, Juan Diaz; Leonardo Castro, Adrian Arregui (Yesid Díaz), Andrés Ricaurte, Javier Reina – Edwin Mosquera Palacios (Mauricio Cortes), Juan Caicedo (Francisco Flores). Técnico: Aldo Bobadilla.

Campeonato Gaúcho 2020 – Divisão de Acesso – 3ª rodada

0

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

Quarta-feira, 11/3
Arena Cruzeiro – Cachoeirinha – 15h30
Cruzeiro x Tupi
Árbitro: Jonathan Vivian
Árbitro Assistente 1: Fabrício Junges Villa
Árbitro Assistente 2: Ariela Duarte da Silveira
4º Árbitro: Marcelo Stahlecker
Delegado: Lilianne Cristina Motizuki Cardoso de Salles

Quarta-feira, 11/3
Estádio dos Eucaliptos – Santa Cruz do Sul – 19h
Avenida x Bagé
Árbitro: Marcello Neto
Árbitro Assistente 1: Juarez de Mello Júnior
Árbitro Assistente 2: Diego Luis da Rosa
4º Árbitro: Humberto Vinicius Soares Haag
Delegado: Raul Henn

Quarta-feira, 11/3
Vermelhão da Serra – Passo Fundo – 19h30
Passo Fundo x União Frederiquense
Árbitro: Janvie Baroni
Árbitro Assistente 1: Jonas André Carls
Árbitro Assistente 2: Adriano Rosa da Silva
4º Árbitro: Rafael Scolari Lavalhos
Delegado: Paulo Roberto Bibiano

Quarta-feira, 11/3
Altos da Glória – Vacaria – 20h
Glória x Igrejinha
Árbitro: Sergio Moraes
Árbitro Assistente 1: Gibran Veloso Teixeira
Árbitro Assistente 2: Vitor Alberto Abreu de Castro
4º Árbitro: Matheus Souza Costa
Delegado: Ory Carlos Antônio Borges

Quarta-feira, 11/3
Aldo Dapuzzo – Rio Grande – 20h
São Paulo x Guarani-VA
Árbitro: Rodrigo Crivellaro
Árbitro Assistente 1: Pablo Sebastian de Mello
Árbitro Assistente 2: Haury Temp
4º Árbitro: Andressa Hartmann
Delegado: Leir Cáceres

Quarta-feira, 11/3
Estrela D´Alva – Bagé – 20h
Guarany x Inter-SM
Árbitro: Tiago Clasen
Árbitro Assistente 1: Rui Renato Garcia Vergara Júnior
Árbitro Assistente 2: Matheaus Oreques Votto
4º Árbitro: Geovane Luis da Silva
Delegado: Paulo Ricardo Soller Camacho

Quarta-feira, 11/3
Arena Alviazul – Lajeado – 20h
Lajeadense x São Gabriel
Árbitro: Marco Magalhães
Árbitro Assistente 1: Guilherme Moreira Alves
Árbitro Assistente 2: Eduardo Rachelle Boaz
4º Árbitro: Diogo Goveia de Souza
Delegado: José Glauber Azevedo Marques

Quarta-feira, 11/3
Antônio David Farina – Veranópolis – 20h
Veranópolis x Brasil de Farroupilha
Árbitro: Fernando Bertin
Árbitro Assistente 1: Ronei Zwirtes
Árbitro Assistente 2: Maicon Stormowski
4º Árbitro: Alex de Oliveira de Almeida
Delegado: Dario Trost

 

Gauchão 2020 – Taça Francisco Novelletto Neto – 2° turno – 2ª rodada

0

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

Sábado, 7/3
Alfredo Jaconi – Caxias do Sul – 17h
Juventude 0 x 1 São José
Luiz Eduardo 36´ 2T

O São José lidera o Grupo B do 2° turno (Foto: Eduardo Torres / DKF Comunicação / Divulgação Esporte Clube São José)
Foto: Eduardo Torres / DKF Comunicação / Divulgação Esporte Clube São José
O São José venceu o Juventude no Alfredo Jaconi por 1 a 0 (Foto: Arthur Dallegrave/EC Juventude)

Juventude 0 x 1 São José
Ficha Técnica
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.
Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Mateus Olivério Rocha. Quarto árbitro: Marcelo Cavalheiro Pereira.
Gol: Luiz Eduardo 36´ 2T
Cartões amarelos: Bruno Alves, Eltinho, Marcelo Carné, Samuel Santos (JUV); Gustavo Xuxa (SJ).
Cartões vermelhos: Eltinho, Edcarlos (JUV).
Público: 2.665 pagante (2.893 total)/Renda: R$ 75.075,00

Juventude: Marcelo Carné; Samuel Santos, Genílson, Edcarlos e Eltinho; João Paulo, Marciel (Caíque Valdívia), Pedro Ken (John Lennon), Iago Dias (Lucas Ontivero) e Bruno Alves e Bruno Nunes. Técnico: Marquinhos Santos.

São José: Fábio, Marcio, Goiano, Marcão e Marcelo; Tiago Pedra, Diguinho (Crystopher), Tavares (Alexandre); Thayllon, Matheusinho (Luiz Eduardo) e Gustavo Xuxa. Técnico: Everton Vanoni.

Domingo, 8/3
Boca do Lobo – Pelotas – 16h
Pelotas 0 x 1 Grêmio
Pepê 2′ 1T

Pepê marcou o único gol do Grêmio em Pelotas (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Pelotas 0 x 1 Grêmio
Ficha Técnica
Local: Estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS).
Arbitragem: Lucas Guimarães Rechatiko Horn, auxiliado por Tiago Augusto Kappes Diel e Max Augusto Guimarães Vioni. 4° Árbitro: Francisco Soares Dias.
Gol: Pepê 2′ 1T
Cartões amarelos: Michel Schmöller, Jean Roberto, Hugo Sanches (PEL); Orejuela (GRÊ)

Pelotas: Douglas Silva; Iago (Osvaldir), Pedrão, Wendel e Busanello; Felipe Guedes, Michel Schmöller, Talles Cunha (Wallacer), Jô (Juliano) e Hugo Sanches; Tadeu. Técnico: Luiz Carlos Winck.

Grêmio: Paulo Victor; Orejuela, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Darlan (Lucas Araújo), Thaciano, Patrick (Guilherme Guedes), Thiago Neves (Jean Pyerre) e Pepê; Luciano. Técnico: Renato Portaluppi.

Domingo, 8/3
Colosso da Lagoa – Erechim – 16h
Ypiranga 1 x 5 Aimoré
Leílson 30′ 1T (YPI)
Wagner 18’ 1T (AIM)
Mardley 26′ 1T (AIM)
Mardley 48′ 1T (AIM)
Felipe Guedes 1′ 2T (AIM)
Éder 45′ 2T (AIM)

Aimoré goleou o Ypiranga por 5 a 1 fora de casa (Foto: Fernando Campos/CE Aimoré)

Ypiranga 1 x 5 Aimoré
Ficha Técnica
Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.
Arbitragem: Eleno Gonzalez Todeschini, auxiliado por Leirson Peng Martins e Conrado Bittencourt Berger. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein.
Gols: Leílson 30′ 1T (YPI); Wagner 18’ 1T, Mardley 26′ 1T e 48′ 1T, Felipe Guedes 1′ 2T e Éder 45′ 2T (AIM)
Cartões amarelos: Henrique (YPI); Pablo, Renato (AIM).

Ypiranga: Deivity; Muriel, Saimon, Henrique (Kanu) e Henrique Ávila; Schwarzer (Tárik), Clayton (Reinaldo) e Zotti; Jean Silva, Leílson e Cristiano. Técnico: Paulo Henrique Marques.

Aimoré: Luiz Felipe; Bruno Ferreira, Pablo, Renato e Germano; Diego Gomes, Felipe Guedes, Mardley, Wagner (Leandro Canhoto), Isaías (Wagner Freitas) e Matheus Rodrigues. Técnico: Hélio Vieira.

Domingo, 8/3
Estádio do Vale – Novo Hamburgo – 17h
Novo Hamburgo 2 x 1 Esportivo
Matheus Lagoa 18′ 1T (NH)
Juba 31′ 1T (NH)
Caprini 14′ 1T (ESP)

De virada, o Novo Hamburgo venceu o Esportivo por 2 a 1 (Foto: Adilson Germann)

Novo Hamburgo 2 x 1 Esportivo
Ficha Técnica
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.
Arbitragem: Eder Davi Zanella, auxiliado por André da Silva Bitencourt e Luiz Naujorks Reis. Quarto árbitro: Jonathan Giovanella Vivian.
Gols: Matheus Lagoa 18′ 1T e Juba 31′ 1T (NH); Caprini 14′ 1T (ESP).

Novo Hamburgo: Jacsson, Mattioni, Moisés, Windson e Romano; Chicão, Mossoró, Itaqui e Moisés Brito; Juba e Vieira. Técnico: Ben Hur Pereira.

Esportivo: Renan, Gullithi, Edson Borges e Cleiton; Bovi, Washington, Lucas Hulk, Diogo (Gustavo Sapeka) e Rômulo; Caprini (João Pedro) e Flávio Torres (Marcão). Técnico: Carlos Moraes.

Domingo, 8/3
Beira-Rio – Porto Alegre – 19h
Internacional 2 x 0 Brasil-Pel
Patrick 16´ 2T
Patrick 23´ 2T

Patrick marcou os dois gols da vitória colorada sobre o Xavante (Foto: Ricardo Duarte/Internacional) (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Internacional 2 x 0 Brasil-Pel
Ficha Técnica
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).
Arbitragem: Vinicius Amaral, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Cleber Gilmar Flores. 4° Árbitro: Marco Aurelio Nunes Magalhães.
Gols: Patrick 16´ 2T e 23´ 2T
Cartões amarelos: Natanael, Praxedes, Guilherme Pato e Lindoso (INT); Revson, Leandro Leite e Lázaro (BRA).
Público: 11.796 pagantes (15.536 presentes)/Renda: R$ 376.115,00.

Internacional: Danilo Fernandes; Saravia, Rodrigo Moledo, Bruno Fuchs e Natanael; Rodrigo Lindoso; Guilherme Pato (Marcos Guilherme), Nonato (Thiago Galhardo) e Patrick (Praxedes); D’Alessandro e Gustavo. Técnico: Eduardo Coudet.

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira (Rafael Martins); Ednei, Lázaro, Heverton e Mateus Mendes; Leandro Leite, Revson e Gegê; Gabriel Poveda (Wellington Simião), Jarro Pedroso (Cristian) e Wesley Pacheco. Técnico: Gustavo Papa.

Segunda-feira, 9/3
19 de Outubro – Ijuí – 19h30
São Luiz 1 x 2 Caxias
Elias 35′ 1T (SL)
Bruno Ré 13′ 1T (CAX)
Diogo Oliveira 14′ 2T (CAX)

Foto: Ricardo Marchetti

São Luiz 1 x 2 Caxias
Ficha Técnica
Local: Estádio 19 de Outubro, em Ijuí.
Arbitragem: Anderson da Silveira Farias, auxiliado por Jose Eduardo Calza e Maíra Mastella Moreira.
Gols: Elias 35′ 1T (SL); Bruno Ré 13′ 1T e Diogo Oliveira 14′ 2T (CAX)

São Luiz: Lúcio, Sílvio, Ramon e Jadson (Lucas Crispim); Duda, João Paulo, Tássio (Rafael Carrilho), Jean Carlo e Samuel Balbino (Lucas Carvalho); Elias e Michel. Técnico: Antonio Picoli.

Caxias: Marcelo Pitol; Ivan, Jean Carlos, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Carlos Alberto; Tilica (Juninho Potiguar), Diogo Oliveira (Felipe Tontini) e Bruninho (Vinícius Baiano); Gilmar. Técnico: Rafael Lacerda.

Patrick decide e Inter vence o Brasil-Pel pelo Gauchão

0
Patrick marcou os dois gols da vitória colorada sobre o Xavante (Foto: Ricardo Duarte/Internacional) (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

O Internacional venceu a primeira partida no segundo turno do Gauchão. Neste domingo (8), o Colorado bateu o Brasil-Pel por 2 a 0 no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela segunda rodada. Pensando no clássico Grenal, pela Taça Libertadores da América, o técnico Eduardo Coudet mandou a campo um time reserva para encarar o Xavante. E um dos antigos titulares decidiu o confronto, O meio-campista Patrick anotou os dois tentos da noite.

Com a vitória, o Inter lidera o Grupo A da Taça Francisco Novelletto Neto com quatro pontos. Já o Brasil é o quinto na chave B, com três pontos ganhos. Na classificação geral, que define os rebaixados, o Rubro-Negro é o oitavo colocado com sete pontos.

Pela terceira rodada do Gauchão, o Colorado volta em campo no domingo (15), às 19h, contra o São José, no estádio Francisco Novelletto Neto (Passo D’Areia). No mesmo dia, mas às 17h, o Xavante recebe o Ypiranga no Bento Freitas, em Pelotas.

Antes disso, o Inter duelará com o arquirrival Grêmio, pela segunda rodada do Grupo E da Libertadores no histórico clássico Grenal, na quinta, às 21h, na Arena.

Internacional 2 x 0 Brasil-Pel
Ficha Técnica
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).
Arbitragem: Vinicius Amaral, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Cleber Gilmar Flores. 4° Árbitro: Marco Aurelio Nunes Magalhães.
Gols: Patrick 16´ 2T e 23´ 2T
Cartões amarelos: Natanael, Praxedes, Guilherme Pato e Lindoso (INT); Revson, Leandro Leite e Lázaro (BRA).
Público: 11.796 pagantes (15.536 presentes)/Renda: R$ 376.115,00.

Internacional: Danilo Fernandes; Saravia, Rodrigo Moledo, Bruno Fuchs e Natanael; Rodrigo Lindoso; Guilherme Pato (Marcos Guilherme), Nonato (Thiago Galhardo) e Patrick (Praxedes); D’Alessandro e Gustavo. Técnico: Eduardo Coudet.

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira (Rafael Martins); Ednei, Lázaro, Heverton e Mateus Mendes; Leandro Leite, Revson e Gegê; Gabriel Poveda (Wellington Simião), Jarro Pedroso (Cristian) e Wesley Pacheco. Técnico: Gustavo Papa.

Pepê marca no início e Grêmio bate o Pelotas na Boca do Lobo

0
Pepê marcou o único gol do Grêmio em Pelotas (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

Mesmo com reservas, Grêmio venceu o Pelotas e segue 100% no 2° turno do Gauchão

Utilizando o time reserva, o Grêmio venceu o Pelotas por 1 a 0 na tarde deste domingo (8), em jogo válido pela segunda rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho. O único gol do duelo foi marcado por Pepê, aos dois minutos do primeiro tempo, após um belo lançamento de Darlan.

O técnico Renato Portaluppi mandou a campo uma equipe totalmente reserva visando o confronto com o Internacional, na próxima quinta-feira (12), na Arena, às 21h, pela segunda rodada do Grupo E da Libertadores da América.

Com a triunfo conquistado na Zona Sul do Estado, o Grêmio mantém os 100% de aproveitamento e lidera o Grupo B da na Taça Francisco Novelletto Neto, com seis pontos. O Tricolor tem a mesma pontuação do São José, mas leva vantagem no saldo de gols: 4 a 2. Já o Pelotas soma apenas um ponto no returno e cinco na classificação geral, com um ponto a mais do que o São Luiz, o primeiro time na zona de rebaixamento. Porém, a equipe de Ijuí ainda irá atuar na rodada.

Pelo Gauchão, o Grêmio volta a campo no próximo domingo (15), diante do São Luiz na Arena, às 11h. O Pelotas, por sua vez, encara o Esportivo, na Montanha dos Vinhedos, também no próximo domingo, mas às 16h.

Pelotas e Grêmio ainda se estudavam em campo quando Darlan, da intermediária defensiva, fez um grande lançamento na esquerda de ataque para Pepê. Quando eram jogados dois minutos, o atacante invadiu a área e chutou na saída de Douglas Silva para abrir o placar: Pelotas 0 x 1 Grêmio.

O ponto alvo do jogo foi o retorno de Jean Pyerre, mais de cinco meses (175 dias) sem jogar por conta de uma lesão muscular na coxa direita. O camisa 21 meia iniciou no banco de reservas e entrou no jogo aos 16 minutos da segunda etapa, no lugar de Thiago Neves.

Pelotas 0 x 1 Grêmio
Ficha Técnica
Local: Estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS).
Arbitragem: Lucas Guimarães Rechatiko Horn, auxiliado por Tiago Augusto Kappes Diel e Max Augusto Guimarães Vioni. 4° Árbitro: Francisco Soares Dias.
Gol: Pepê 2′ 1T
Cartões amarelos: Michel Schmöller, Jean Roberto, Hugo Sanches (PEL); Orejuela (GRÊ)

Pelotas: Douglas Silva; Iago (Osvaldir), Pedrão, Wendel e Busanello; Felipe Guedes, Michel Schmöller, Talles Cunha (Wallacer), Jô (Juliano) e Hugo Sanches; Tadeu. Técnico: Luiz Carlos Winck.

Grêmio: Paulo Victor; Orejuela, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Darlan (Lucas Araújo), Thaciano, Patrick (Guilherme Guedes), Thiago Neves (Jean Pyerre) e Pepê; Luciano. Técnico: Renato Portaluppi.

Brasil vence o Paraguai e lidera o Grupo B do Sul-Americano Sub-20

0
Com show da camisa 7 Micaelly, Brasil venceu o Paraguai pelo Sul-Americano Sub-20

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

A Seleção Brasileira Feminina segue com 100% de aproveitamento no Sul-Americano Sub-20. Neste sábado (7), a equipe comandada por Jonas Urias venceu o Paraguai por 3 a 0, no Estádio Provincial Juan Gilberto Funes, em San Luis, na Argentina, pela 2ª rodada do Grupo B. Os gols foram marcados por Micaelly (duas vezes) e Jheniffer. Pelo outro jogo da chave, o Uruguai bateu o Chile por 3 a 2.

Com o resultado, o Brasil lidera o Grupo B da competição com seis pontos. A atual campeão do torneio folga na próxima rodada e volta a campo na quinta-feira (12), diante do Uruguai, às 21h15 (de Brasília), no mesmo local.

O jogo

A Seleção Brasileira não chance para as adversárias e abriu o marcador logo aos 11 minutos de jogo. Micaelly cobrou falta com maestria, no direto no ângulo direito da meta paraguaia: 1 a 0. Aos 24, Micaelly, do Cruzeiro, recebeu da cruzamento da esquerda de Nycole e cabeceou no canto oposto da arqueira para fazer 2 a 0.

Na segundo tempo, o Brasil seguiu pressionando e desperdiçou diversas oportunidades de dilatar mais o escore, mas parou nas defesas da goleira Isabel Ortiz. Aos 15 minutos, Micaely invediu a área e foi derrubada pela zaga adversária, a bola sobrou para a Guria Colorada Jheniffer chutar para o fundo das redes: 3 a 0.

As duas primeiras colocadas de cada grupo se classificam para o quadrangular final. Os dois primeiros na fase final serão os representantes da Conmebol na Copa do Mundo FIFA Feminina Sub-20 de 2020, que será disputada em agosto, na Costa Rica e no Panamá.

#Sub20Femenino
#SudamericanoSub20
2ª rodada do Grupo B
Brasil 3 x 0 Paraguai
Ficha Técnica
Local: Estádio Provincial Juan Gilberto Funes, em San Luis (Argentina)
Arbitragem: Susana Corella (Equador), auxiliada por Monina Amboya (Equador) e Sandra Zambrano (Equador).
Gol: Micaelly 11´ 1T e 24´ 1T, Jheniffer 15´ 2T

Brasil: Nicole, Bruna (Isadora), Lauren, Camila e Gisseli; Angelina, Yaya, Duda (Raquel) e Micaelly; Jaqueline e Nycole (Jheniffer). Técnico: Jonas Urias.

Paraguai: Isabel Ortiz; Vanessa Arce, Deisy Ojeda, Limpia Fretes, Fiorella Martínez (Natália Villasanti), Daysy Bareiro, Monserrath Ayala, Graciela Martínez (Liz Barreto), Dahiana Bogarín, Yéssica Álvarez (Erika Cartaman), Jéssica Sánchez. Técnica: Epifania Benítez.

Brasil é batido pela França e Pia perde invencibilidade

0
O Brasil não conseguiu segurar a França no Torneio Internacional (Foto: A2M/CBF)

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

No reencontro com a França após nove meses da eliminação na Copa do Mundo, o Brasil perdeu novamente para as francesas. Neste sábado (7), no Stade du Hainaut, em Valenciennes, a seleção francesa conquistou o Torneio Internacional da França de Futebol Feminino com uma rodada de antecedência ao vencer as brasileiras por 1 a 0. As donas da casa abriram o placar no segundo tempo com Valérie Gauvin, de cabeça, contando com uma falha da goleira Bárbara. No outro duelo do dia, Holanda e Canadá ficaram no empate, em 0 a 0.

Esta foi a primeira derrota da seleção sob o comando da técnica Pia Sundhage. Nos outros nove jogos no comando da equipe verde e amarela foram seis vitórias e três empates.

Com a vitória, a França chegou a seis pontos e não pode ser ultrapassada por ninguém. A Holanda tem dois pontos, Brasil e Canadá possuem apenas um. Na última rodada, na próxima terça-feira (10), o Brasil encerra a competição contra o Canadá, às 15h (horário de Brasília), em Calais. Já as donas da casa e campeãs do torneio, a França enfrentará a Holanda, às 17h (horário de Brasília), em Valenciennes.

#TournoideFrance
2ª rodada
Stade du Hainaut, em Valenciennes (França)
França 1 x 0 Brasil
Árbitra: Marta Huerta De Aza (Espanha)
Gol: Valérie Gauvin 10′ 2T
Cartões amarelos: Delphine Cascarino, Charlotte Bilbault, Sakina Karchaoui, Amandine Henry (FRA); Formiga (BRA)

França: Pauline Peyraud-Magnin; Eve Périsset, Aïssatou Tounkara, Wendie Renard e Sakina Karchaoui; Charlotte Bilbault (Ouleymata Sarr), Kenza Dali, Amel Majri (Perle Morroni); Delphine Cascarino (Grace Geyoro), Eugénie Le Sommer (Amandine Henry) e Valérie Gauvin (Viviane Asseyi). Corinne Diacre.

Brasil: Bárbara, Letícia Santos (Antonia), Tayla, Daiane e Tamires; Andressinha, Luana (Thaisa), Formiga (Duda) e Andressa Alves (Debinha); Cristiane (Aline) e Bia Zaneratto (Marta). Técnica: Pia Sundhage.

São José vence o Juventude no Alfredo Jaconi e lidera a Taça Francisco Novelletto

0
O São José lidera o Grupo B do 2° turno (Foto: Eduardo Torres / DKF Comunicação / Divulgação Esporte Clube São José)

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

Na abertura da segunda rodada do segundo turno do Gauchão, o São José foi ao estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul e venceu o Juventude na tarde deste sábado (7). O gol da vitória do Zeca foi marcado pelo centroavante Luiz Eduardo após rápido contra-ataque, aos 36 minutos segundo tempo.

Com o resultado, o São José vence a segunda partida no 2° turno e lidera o Grupo B da Taça Francisco Novelletto com quatro pontos. No geral, o Zeca é sexto com 11. Já o Juventude sobe para terceiro colocado da chave A com um ponto. Porém, na classificação geral soma apenas cinco pontos, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento, que tem São Luiz e Novo Hamburgo.

Pelo Gauchão, o Zeca volta a campo no próximo domingo (15), contra o Internacional, às 19h, no estádio Francisco Novelletto Neto (Passo D´Areia). A equipe Alviverde, por sua vez, encara o Aimoré, no dia anterior, às 18h30min, no Cristo Rei, em São Leopoldo. Antes disso, ambas equipes têm jogos de ida pela terceira fase da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. A partir das 19h15min o Juventude recebe o América-RN, no Alfredo Jaconi, enquanto o São José visita o Atlético-GO, às 21h30min, no estádio Olímpico, em Goiânia.

Foto: Eduardo Torres / DKF Comunicação / Divulgação Esporte Clube São José
O São José venceu o Juventude no Alfredo Jaconi por 1 a 0 (Foto: Arthur Dallegrave/EC Juventude)

Juventude 0 x 1 São José
Ficha Técnica
Local: Estádio Alfredo Jaconi, Caxias do Sul.
Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Mateus Olivério Rocha. Quarto árbitro: Marcelo Cavalheiro Pereira.
Gol: Luiz Eduardo 36´ 2T
Cartões amarelos: Bruno Alves, Eltinho, Marcelo Carné, Samuel Santos (JUV); Gustavo Xuxa (SJ).
Cartões vermelhos: Eltinho, Edcarlos (JUV).
Público: 2.665 pagante (2.893 total)/Renda: R$ 75.075,00

Juventude: Marcelo Carné; Samuel Santos, Genílson, Edcarlos e Eltinho; João Paulo, Marciel (Caíque Valdívia), Pedro Ken (John Lennon), Iago Dias (Lucas Ontivero) e Bruno Alves e Bruno Nunes. Técnico: Marquinhos Santos.

São José: Fábio, Marcio, Goiano, Marcão e Marcelo; Tiago Pedra, Diguinho (Crystopher), Tavares (Alexandre); Thayllon, Matheusinho (Luiz Eduardo) e Gustavo Xuxa. Técnico: Everton Vanoni.

Campeonato Gaúcho 2020 – Divisão de Acesso – 2ª rodada

0

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

Sábado, 7/3
Eucaliptos – Santa Cruz do Sul – 17h
Avenida 1 x 1 Inter-SM
Vinicius 5′ 2T (AVE)
João Felipe 11′ 1T (ISM)

Foto: Vinicius Schubert/EC Avenida

Arbitragem: Antônio Augusto Mayer Barreto, auxiliado por Guilherme Moreira Alves e João Marcello Bonotto de Freitas.
Gols: Vinicius 5′ 2T (AVE); João Felipe 11′ 1T (ISM)
Cartões amarelos: Marlon e Douglão (AVE); Léo Santos (ISM).
Cartão vermelho: João Felipe (ISM).

Avenida: Rodrigo; Marlon, Luís Henrique, Douglão e Rafael (Bruno Jackel); Toto, Marquinhos (Teilor), Dionas Bruno e Erick; Wandinho (Leylon) e Vinícius. Técnico: Gelson Conte.

Inter-SM: Ramon; Dênis Rafael, Léo Santos, Pedro Lima e Paulo Henrique; Théo, João Felipe, Chiquinho (Gustavo), Wesley (Marcos Paulo) e Felipe Tchelé (Café); Juninho. Técnico: Sananduva.

Sábado, 7/3
Edmundo Feix – Venâncio Aires – 18h
Guarani-VA 2 x 1 Lajeadense
Vinicius 28′ 1T (GUA)
Arisson 43′ 2T (GUA)
Marquinhos 23′ 1T (LAJ)

Foto: JR Gasparotto

Arbitragem: Bruno Alexandre da Silva Leites, auxiliado por Gustavo da Silva e Otávio Legramanti. 4° Árbitro: Patrick Kauê Krauser Farias.
Gols: Vinicius 28′ 1T e Arisson 43′ 2T (GUA); Marquinhos 23′ 1T (LAJ)

Guarani-VA: Gustavo; Arisson, Carlos, Carlos Augusto e Ícaro; Marcelo, Jackson, Vinicius, Aldair, Willian e Marreta. Técnico: Luiz Carlos Bertram (Chicão).

Lajeadense: Guilherme; Bindé, Nascimento, Dadatt e Alan Bald; Renan, Índio, Róger, Marquinhos, Nicolas e Maycon. Técnico: Serginho Almeida.

Domingo, 8/3
Rubro-Negro – Crissiumal – 15h30
Tupi 0 x 0 Veranópolis

Foto: Leila Ruver / Guia Crissiumal
Foto: Leila Ruver / Guia Crissiumal
Foto: Leila Ruver / Guia Crissiumal

Arbitragem: Luciano Prudente, auxiliado por Deonir Mateus Antunes e Alexandre Vicari. Quarto árbitro: João Valendorf.

Tupi: Robinho, Rodrigo Buiú, João Neto, Baiano (Jeferson) e Gustavo; Amsterdam, Jorge Pedra (Diego Abreu); Michel (Renan), Matheus Paulista e Alex Junio; Igor Nobre. Técnico Fabiano Borba.

Veranópolis: Anderson, Adriano Lara, Erick, Léo Dagostini e Dal Pian; Léo Maceió, Jovany, Matheus (Ícaro), Marcos Paraná (João Pedro) e Sciola (Padel); Madalena. Técnico Cristian de Souza.

Domingo, 8/3
Castanheiras – Farroupilha – 15h30
Brasil-Far 0 x 0 Glória

Foto: Cristiano Nery/Brasil de Farroupilha
Foto: Glória/Divulgação

Arbitragem: Marcelo Oswald Bitelbron, auxiliado por Gabriel Augusto Koren e Renan Gayeski Ramos. Quarto árbitro: Fábio Costa dos Santos.

Brasil-Far: Douglas; Maycon, João Guilherme, Gil e Puyol; Felipe Chagas, Faísca, Luiz Carlos, Luizinho e Talles; Giancarlo. Tecnico: Alê Menezes.

Glória: Jota; Josué; Rafael Klein, Vinicius e Jardiel; Ceara, Nonnô; Ednei (Ricardo Bierhals) e Silas (Luiz Henrique); Salib (Gabriel) e Erick. Técnico: Fabiano Daitx.

Domingo, 8/3
Arena União Frederiquense – Frederico Westphalen – 16h
União Frederiquense 3 x 0 Cruzeiro
Zulu 5´ 1T
Yuri Messias 8´ 2T
Igor Silva 18´ 2T

Foto: União Frederiquense/Divulgação

Arbitragem: Nicolas Fernando das Almas, auxiliado por Renato Vitor Bueno de Oliveira e Vagner Maurício da Luz. Quarto árbitro: Leandro Martins Soares.
Gols: Zulu 5´ 1T, Yuri Messias 8´ 2T e Igor Silva 18´ 2T
Cartões amarelo: Boré e Carlão (UF); Peterson e Ivan (CRU).
Cartão vermelho: Peterson (CRU).

União Frederiquense: Jonathan Walker; Boré (Jackson), Carlão Farias, Guilherme Neto e Paulinho; Igor Silva, Jeferson Carioca, Yuri Messias (Ângelo); Patric Falcão, Marquinhos Bala e Zulu (Daniel Bahia). Técnico: Daniel Franco.

Cruzeiro: Wellerson; Peterson, Max, Carlão e Ivan; Penteado, Ben-Hur (Fabrício), Júlio Cesar, Anderson (Bardete) e Gustavinho; Araújo (Andrei). Técnico: Fernando Agostini.

Domingo, 8/3
Pedra Moura – Bagé – 16h
Bagé 1 x 3 São Paulo
Hyantony 38′ 2T (BAG)
William Ribeiro 48′ 1T (SP)
Wallan Luan 3′ 2T (SP)
William Ribeiro 10′ 2T (SP)

Foto: Antônio Rocha/Folha do Sul

Arbitragem: Eduardo Fernandes Bastos, auxiliado por Rodrigo Maia Tedesco e André Guimarães Peil. Quarto árbitro: Maurício Dalé Granatto.
Gols: Hyantony 38′ 2T (BAG); William Ribeiro 48′ 1T e 10′ 2T, Wallan Luan 3′ 2T (SP)
Cartões amarelos: Índio (BAG); Júlio, Wallan Luan, Negueba, Cristhian (SP).

Bagé: Matheus Gutz; Fabinho Capixaba, Junior Sergipano, Wendell (Maurílio) e Vitão; Matheus Damasceno (Cris Magno), Raphinha, Índio, Hyantony, Ronaldinho Gramadense (Uélison) e Vini. Técnico: Arílson Costa.

São Paulo: Júlio César; Júlio, Lucão, Perucci e Cristhian; Nunes, Negueba, Urnau, Lucas Mello (Rambo), Willian Ribeiro (Talyson) e Wallan Luan (Maxwell). Técnico: China Balbino.

Domingo, 8/3
Vermelhão da Serra – Passo Fundo – 18h

Foto: Kleiton Vasconcellos/Diário da Manhã
Foto: Gabriel Touguinha/Igrejinha

Arbitragem: Marco Paim Reis, auxiliado por Cássio Pires Dornelles e Renato Domingues.

Passo Fundo: William Lago; Léo Rodrigues, Thuram, Gustavo Miranda e Badé; Marlon, Janderson e Max (Adílson); Lima (Itamar), Rafael Tanque e Santos (William Lima). Tecnico: Paulo Porto.

Igrejinha: Regis; Ramon, Alex, Rafael Hasse e Caio Uriel; Jair, Batista, Gustavinho, Lucas Dantas, Eto’o e Brandão. Técnico: Mauricio Burzlaff.

Domingo, 8/3
Silvio de Faria Corrêa – São Gabriel – 20h30
São Gabriel 2 x 1 Guarany
Hugo 9’ 2T (SG)
Léo Mineiro 51’ 2T (SG)
Márcio Telê 16′ 1T (GUA)

Foto: Marcelo Ribeiro/Caderno7
Foto: Marcelo Ribeiro/Caderno7

Arbitragem: Tiago Pires Staduto, auxiliado por Rodrigo Dahmer e Ismael Fabiano Carvalho Mancilha. Quarto árbitro: Andressa Hartmann.
Gols: Hugo 9’ 2T e Léo Mineiro 51’ 2T (SG); Márcio Telê 16′ 1T (GUA).

São Gabriel: Fabiano Heves; Bone, Gustavo Bastos, Samuel e Luquinhas (Chiquinho); Mancha (Charles), Oscar, Cássio (Bagagem) e Hugo; Léo Mineiro e Robinho. Técnico: Antônio Freitas.

Guarany: Douglas, Nicolas, Dionatan, Diego Rocha e Jaime; Bruno Bera, Sérgio, Dill e Fernandinho, Márcio Telê e Cecel. Técnico: Rodrigo Bandeira.