Home Caxias Grêmio é derrotado pelo Caxias, mas conquista o tricampeonato gaúcho

Grêmio é derrotado pelo Caxias, mas conquista o tricampeonato gaúcho

73
0
SHARE
O Tricolor conquistou o estadual pela 39ª vez na história (Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA)

Rafael Passos

O clube chegou ao seu 39º troféu na história e diminuiu a distância para o arquirrival Internacional para seis títulos

O Campeonato Gaúcho 2020 é do Grêmio. Na tarde deste domingo (30), o Tricolor perdeu para o Caxias por 2 a 1 na Arena, em Porto Alegre, mas como havia vencido o jogo de ida por 2 a 0 ficou com título estadual no placar conjunto das duas partidas por 3 a 2. A equipe comandada por Renato Portaluppi podia até perder por um gol que seria tricampeão gaúcho, feito que não conseguia há 33 anos.

O Grêmio conseguiu um feito inédito: conquistou o tricampeonato gaúcho de forma seguida pela quarta vez. A última vez que chegou a pelo menos três títulos gaúchos de forma consecutiva foi em 1987, mas, à época, seguiu vencendo até 1990, fechando a série com um hexacampeonto. Antes disso, o Tricolor já havia chegado a essa marca na década de 1950 (1955, 1956 e 1957) e 1960 (1963, 1964 e 1965).

Foi a sétima conquista de Renato Portaluppi nesta sua terceira passagem pelo clube: Copa do Brasil (2016), Copa Libertadores da América (2017), Recopa Sul-Americana (2018), Campeonato Gaúcho (2018, 2019, 2020) e Recopa Gaúcha (2019). O técnico ainda se igualou a Oswaldo Rolla como o segundo treinador a ser tri estadual de forma consecutiva. Na década de 1950, Foguinho venceu os Gauchões de 56, 57, 58 e 59.

Diego Souza marcou e ampliou o placar agregado para os mandantes logo aos 14 minutos do primeiro tempo. Ainda na etapa inicial, Laércio, aos 41, deixou tudo igual na Arena. No segundo tempo, o Grená virou com Bruninho, aos nove minutos. O seu chute desviou em Kannemann encobriu Vanderlei e encontrou as redes.

Campanha do Grêmio no Gauchão 2020:
17 Jogos
11 vitórias
2 empates
4 derrotas
28 gols marcados
14 gols sofridos

Artilheiro: Diego Souza, com 9 gols (goleador do campeonato)

Taça Cel. Ewaldo Poeta (1º turno)

1ª rodada – Grêmio 0x2 Caxias
2ª rodada – Brasil 0x1 Grêmio
3ª rodada – Grêmio 2×1 São José
4ª rodada – Grêmio 5×0 Esportivo
5ª rodada – Aimoré 2×1 Grêmio
Semifinal – Inter 0x1 Grêmio
Final – Caxias 1×0 Grêmio

Taça Francisco Novelletto Neto (2º turno)

1ª rodada – Grêmio 3×0 Juventude
2ª rodada – Pelotas 0x1 Grêmio
3ª rodada – Grêmio 3×2 São Luiz
4ª rodada – Inter 0x1 Grêmio
5ª rodada – Grêmio 1×1 Ypiranga
6ª rodada – Novo Hamburgo 0x0 Grêmio
Semifinal – Grêmio 4×3 Novo Hamburgo
Final – Grêmio 2×0 Inter

Final

Jogo de ida – Caxias 0x2 Grêmio
Jogo de volta – Grêmio 1×2 Caxias

Caxias ficou com o vice-campeonato do Gauchão e agora pensa na Série D do Brasileiro (Foto: Luiz Erbes/SER Caxias)

Grêmio 1 x 2 Caxias
Ficha Técnica
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).
Arbitragem: Anderson Daronco (FIFA-RS), auxiliado por Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS). Quarto árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS). VAR: Leandro Vuaden (RS); AVAR 1: Douglas Schwengber da Silva (RS); AVAR 2: Lúcio Beiersdorf Flor (RS).
Gols: Diego Souza 14′ 1T (GRÊ); Laércio 42′ 1T e Bruninho 9′ 2T (CAX).
Cartões amarelos: Thiago Neves e Luis Fernando (GRÊ); Thiago Sales e Rafael Lacerda (CAX).

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Cortez; Lucas Silva (Thiago Neves, Darlan (Maicon), Jean Pyerre (Isaque), Alisson e Everton (Luiz Fernando); Diego Souza (David Braz). Técnico: Renato Portaluppi.

Caxias: Marcelo Pitol; Marabá (Bruninho), Laércio, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Carlos Alberto (Yuri), Ivan, Diogo Oliveira, Claudinho; Marcelo Campanholo (Vinícius Baiano). Técnico: Rafael Lacerda.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here