Home Aimoré Resumão da 6ª rodada do returno do Gauchão

Resumão da 6ª rodada do returno do Gauchão

127
0
SHARE
Taça Francisco Novelletto Neto, o segundo turno Gauchão (Foto: Pedro Trindade/ FGF)

Rafael Passos

Os seis jogos da 6ª rodada do segundo turno do Gauchão, a Taça Francisco Novelletto Neto, foi disputada na tarde desta quarta-feira (29).

Após 70 partidas disputadas, o returno do Gauchão chegou ao fim na tarde desta quarta-feira (29). Ainda resta o clássico Bra-Pel, mas que não influenciará na classificação dos quatro melhores do segundo turno da competição. Com isso, os confrontos da fase semifinal estão definidos.

Semifinal (jogo único):
Internacional (1º do Grupo A) x Esportivo (2º do Grupo B)
Grêmio (1º do Grupo B) x Novo Hamburgo (2º do Grupo A)

As partidas terão datas, horários e sedes confirmados pela Federação Gaúcha de Futebol em breve.

Novo Hamburgo 0x0 Grêmio

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Na Arena Alviazul, em Lajeado, Grêmio e Novo Hamburgo empataram em 0 a 0. Com o resultado, o Grêmio foi o 14 pontos e ficou com a liderança do Grupo B. O Novo Hamburgo é o segundo do Grupo A, com 8 pontos, e foi ajudado pelo triunfo do Esportivo sobre o Juventude.

O empate tirou a melhor campanha do Tricolor na fase classificatória do Gauchão. O Grêmio ficou com 23 pontos em 11 jogos, contra 23 do Colorado.

Na semifinal, Grêmio e Novo Hamburgo voltam a se enfrentar no próximo final de semana, ainda sem data nem local definidos. O mando de campo é da equipe porto-alegrense.

Já classificado e precisando apenas de um empate para confirmar o primeiro lugar do Grupo B, o técnico Renato Portaluppi escalou o Grêmio com reservas para enfrentar o Novo Hamburgo. Os únicos jogadores que haviam sido titulares no empate com o Ypiranga no último domingo foram Guilherme Guedes e Lucas Silva.

Foto: João Goularte/ECNH

Novo Hamburgo 0x0 Grêmio
Ficha Técnica
Local: Arena Alviazul, em Lajeado
Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima, auxiliado por Leirson Martins e Claiton Timm. 4º Árbitro: Rafael Rodrigo Klein.
Cartão amarelo: Gian (NH)

Novo Hamburgo: Jacsson; Gian, Moisés, Diego Ivo (Kesley) e Zé Mário; Chicão, Matheus Bertotto, Matheus Lagoa a Mossoró (Guto); Juba e Kayron. Técnico: Márcio Nunes.

Grêmio: Paulo Victor; Orejuela, Paulo Miranda, David Braz (Rodrigues) e Guilherme Guedes; Darlan, Lucas Silva, Thaciano (Isaque), Pepê e Patrick (Rildo); Luciano. Técnico: Renato Portaluppi.

Internacional 2×0 Aimoré

(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação)

Com dois gols de Paulo Guerrero, o Internacional venceu o Aimoré por 2 a 0 na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada. O Colorado vai à semifinal do segundo turno do Gauchão como líder do Grupo A, com nove pontos.

A vitória também deu ao Inter a melhor campanha na fase classificatória do Gauchão. O Colorado soma 24 pontos em 11 jogos, contra 23 do Grêmio.

Na próxima fase, a equipe de Eduardo Coudet terá pela frente o Esportivo, vice-líder do Grupo B, com 11 pontos. Sem chances de avançar no Estadual, o Aimoré ainda sonhava com uma vaga pela classificação geral na Série D do Brasileirão 2021.

A etapa semifinal da Taça Francisco Novelletto Neto será disputada em jogo único no próximo fim de semana, com mando de campo do Colorado.

Internacional 2×0 Aimoré
Ficha Técnica
Local: Morada dos Quero-Queros, Alvorada
Arbitragem: Érico Andrade, auxiliado por Tiago Augusto Kappes Diel e Henrique Coromberk. 4º Árbitro: Marcus Vinícius Gonçalves dos Santos.
Gols: Paolo Guerrero 19´ 1T e 15´ 2T
Cartões amarelos: Víctor Cuesta (INT); Mardley e Wagner Freitas (AIM)

Internacional: Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto), Marcos Guilherme (Patrick), Edenilson (Nonato) e Boschilia (D’Alessandro); Thiago Galhardo (William Pottker) e Paolo Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

Aimoré: Luiz Felipe; Bruno Ferreira, Pablo, Renato e Germano; Diego Gomes (Pedra), Felipe Guedes (Wesley), Mardley e Wagner (Canhoto); Biro Paraíba (Isaías) e Matheus Rodrigues (Wagner Freitas). Técnico: Hélio Vieira.

Juventude 2×3 Esportivo

Foto: Kévin Sganzerla / NB Notícias / Divulgação

Em dia histórico para o Esportivo, a equipe de Bento Gonçalves venceu o Juventude por 3 a 2 no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, na última rodada do segundo turno do Gauchão.

O resultado deu ao Esportivo um lugar na semifinal da Taça Francisco Novelletto Neto e também uma da vagas na Copa do Brasil e Série D 2021. Na tabela de classificação, o Tivo ficou em segundo lugar no Grupo B, com 11 pontos, e superou o Caxias, que empatou na rodada e fez a mesma pontuação, mas deixou o Grená para trás pelo saldo de gols.

Na partida única da semifinal do segundo turno do Gauchão, o Tivo enfrentará o Internacional já no próximo final de semana, com mando de campo do Colorado. O Juventude fica pelo caminho na fase classificatória do Gauchão e agora volta o foco à Série B. Estreia no dia 8 de agosto, às 11h, contra o CRB, no Alfredo Jaconi.

A equipe treinada por Carlos Moraes saiu na frente aos 30 segundos de jogo com Gustavo Sapeka. A virada do Juventude veio ainda no primeiro tempo com um gol contra de Robert aos 13 e Breno aos 33. Na etapa final, Flávio Torres empatou o duelo aos 30 e Cleiton virou o placar quatro minutos para garantir a classificação do time de Bento Gonçalves.

Foto: Kévin Sganzerla / NB Notícias / Divulgação
Foto: Kévin Sganzerla / NB Notícias / Divulgação
Foto: Kévin Sganzerla / NB Notícias / Divulgação
Foto: Kévin Sganzerla / NB Notícias / Divulgação

Juventude 2×3 Esportivo
Ficha Técnica
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul)
Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Maurício Coelho Silva Penna. 4º Árbitro: Anderson da Silveira Farias
Gols: Robert (contra) 13′ 1T e Breno 33′ 1T (JUV); Gustavo Sapeka 30 segundos do primeiro tempo, Flávio Torres 30′ 2T e Cleiton 34´ 2T (ESP)
Cartões amarelos: Renato Cajá, Gabriel Bispo, João Paulo (JUV).

Juventude: Luis Carlos; Samuel Santos (Igor), Augusto, Genilson e Eltinho; João Paulo, Gabriel Bispo, Marciel (Dalberto) e Renato Cajá (Carlos Eduardo); Breno e Bruno Alves (Tarta). Técnico: Pintado.

Esportivo: Renan; Cleiton, Luis Eduardo e Gullithi (Rômulo); Bovi, Robert, Igor Bosel (Galliardo), João Pedro e Xaro (Diogo); Gustavo Sapeka (Émerson) e Marcão (Flávio Torres). Técnico Carlos Moraes.

Ypiranga 0x0 Caxias

Foto: Ênio Bianchetti

Na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, Ypiranga e Caxias empataram 0 a 0, pela 6ª e última rodada da fase de classificação no segundo turno do Gauchão. Com o resultado, o Grená, campeão do primeiro turno e já classificado na decisão do estadual, ficou sem chances de matar o campeonato sem a necessidade de final. O Canarinho já não tinha chances de avançar à semifinal.

Na tabela de classificação, o Ypiranga encerrou sua participação no Grupo A em quinto lugar, com quatro pontos, enquanto o Caxias finalizou com 11, mesmo número do Esportivo, que venceu o Juventude, mas com menos gols marcados (10 a 7), em terceiro do B.

Agora, o time do técnico Lacerda aguarda o campeão da Taça Francisco Novelletto Neto para conhecer o seu adversário na finalíssima do Gauchão 2020.

Eliminado do Gauchão, o Ypiranga passa a pensar no Campeonato Brasileiro Série C. O time de Erechim estreia no sábado, 8 de agosto, contra o Brusque no estádio Augusto Bauer, às 17h.

Foto: Ênio Bianchetti

Ypiranga 0x0 Caxias
Ficha Técnica
Local: Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves
Arbitragem: Vinícius Amaral, auxiliado por André Bitencourt e Mateus Olivério Rocha. 4º Árbitro: Marcello Ignácio Domingues Neto
Cartões amarelos: Deivity (YPI); Tilica, Bruno Ré (CAX).

Caxias: Marcelo Pitol, Ivan, Laercio, Thiago Salles e Bruno Ré (Eduardo Diniz); Juliano e Carlos Alberto (Yuri); Diogo Oliveira (Tontini), Vinícius Baiano (Juninho Potiguar, intervalo) e Tilica; Da Silva (Bruninho). Técnico: Lacerda

Ypiranga: Deivity, Muriel, Saimon, Diogo Silva e Henrique Ávila; Tárik, Clayton (Pedrinho) e Zotti (Cristiano); Jean Silva (Fernandinho), Leilson e Neto Pessoa. Técnico: Paulo Henrique Marques.

Pelotas 0x1 São José

Foto: Eduardo Torres/EC São José

Em partida disputada no CFT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, o São José venceu o Pelotas por 1 a 0, pela última rodada do segundo turno do Gauchão. O gol do triunfo do Zeca foi marcado pelo goleiro Fábio, cobrando pênalti na etapa final.

Mesmo eliminado do campeonato, o Pelotas ainda tem o Bra-Pel para disputar no próximo sábado (1°/8), na Boca do Lobo, jogo adiado da 4ª rodada do segundo turno. O Áureo-Cerúleo ocupa a lanterna do Grupo A com um ponto, podendo chegar a quatro pontos se vencer o clássico. Contra o São José, o Lobo teve dois jogadores expulsos ainda no primeiro tempo: Mateus Santana e Fábio Alemão. O início da Série D do Campeonato Brasileiro está marcada para setembro.

O São José encerra sua participação no Gauchão em quarto lugar do Grupo B, com nove pontos, se despede do estadual e foca estreia pela Série C do Brasileirão. No próximo dia 8 de agosto, a equipe de Porto Alegre recebe o São Bento no estádio Francisco Novelletto Neto (Passo D’Areia), às 15h.

Foto: Tales Leal/ AI EC Pelotas

Pelotas 0x1 São José
Ficha Técnica
Local: CFT Hélio Dourado (Eldorado do Sul)
Arbitragem: Douglas Silva, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Conrado Berger. 4º Árbitro: Jonathan Vivian.
Gol: Fábio 32′ 2T
Cartões amarelos: Vini Garcia, Wendel e Moisés (PEL); Lissandro, Tiago Pará e Thiago Pedra (SJO).
Cartões vermelhos: Mateus Santana e Fábio Alemão (PEL).

Pelotas: Copetti; Fábio Alemão, Felipe Chaves e Mateus Santana; Ariel (Gabiga), Moisés (Milla), Vini Garcia (Marcelo) e Wendel; Daniel Costa (Juliano), Hugo Sanches e Alex Henrique (Ramires). Técnico: Ricardo Colbachini.

São José: Fábio; Lissandro (Marcelo), Goiano, Marcão e Roger; Diguinho (Thayllon), Tavares, Tiago Pará (Thiago Pedra), Gustavo Xuxa e Maradona; Luiz Eduardo (Alexandre). Técnico: José Rafael dos Santos.

São Luiz 0x1 Brasil-Pel

Foto: Carlos Insaurriaga/AI GEB

Naquela que vai ficar marcada na história com a primeira partida de primeira divisão na Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha, o Brasil de Pelotas venceu o São Luiz por 1 a 0. No jogo válido pela 6ª e última rodada do segundo turno do Gauchão, o gol Xavante foi marcado por Gegê, de pênalti. Com o resultado, as equipes estão eliminadas do torneio.

O Rubro-Negro está em quinto do Grupo B, com sete pontos, podendo chegar até os 10 se vencer o Bra-Pel no sábado, partida adiada da 4ª rodada. Após a finalização do Campeonato Gaúcho, o Brasil passar a pensar no debute da Série B do Brasileirão, marcada para o dia 7 de agosto diante do Cuiabá na Arena Pantanal, em Cuiába (MT), às 19h15min.

Já o Rubro encerra o estadual na quarta colocação do Grupo A, com quatro pontos. A equipe de Ijuí começa a se preparar para o Campeonato Brasileiro Série D, onde estreia no dia 19 de setembro contra o Tubarão, em Santa Catarina.

Foto: Carlos Insaurriaga/AI GEB

São Luiz 0x1 Brasil-Pel
Ficha Técnica
Local: Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha
Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Fabrício Lima Baséggio e Luiza Reis. 4º Árbitro: Francisco Soares.
Gol: Gegê 3′ 1T
Cartões amarelos: Leandro Leite, Jarro e Heverton (B); Gutierrez, Jataí, Tássio e Michel (SL).

Brasil: Matheus Nogueira, Maicon Silva, Lázaro, Heverton, Mateus Mendes, Leandro Leite, João Ananias, Gegê, Jarro (Wellington Simião), Gabriel Poveda (Nathan) e Wesley (Sousa). Técnico: Hemerson Maria.

São Luiz: Lúcio; Itaqui, Silvio, Gutierrez e Gabriel Araújo; Rafael Jataí (Ariel), Tássio (Paulinho Santos) e Jean Carlo; Jhonatan Ribeiro (Éverton Júnior), Michel e Lucas Crispim (Danillo Bala). Técnico: Antônio Picoli.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here