Home Chicago Red Stars Houston Dash conquista a NWSL Challenge Cup

Houston Dash conquista a NWSL Challenge Cup

134
0
SHARE
Houston Dash venceu o Chicago Red Stars na final por 2 a 0 (Foto: twitter.com/NWSL)

Rafael Passos

Texanas ficaram com a taça da NWSL pela primeira vez na história

Neste domingo (26), o Houston Dash conquistou neste a NWSL Challenge Cup, ao vencer o Chicago Red Stars por 2 a 0 na final, disputada no estádio Rio Tinto, em Sandy, Utah. Os gols da vitória foram marcados pela canadense Sophie Schmidt e pela norte-americana Shea Groom, um em cada tempo.

(Foto: twitter.com/NWSL)

O NWSL Challenge Cup foi criado pela National Women’s Soccer League para que a temporada do futebol feminino pudesse acontecer nesta temporada.

O Houston Dash, comandando pela holandesa Vera Pauw, chegou à final depois de passar pelo Utah Royals, nos pênaltis, nas quartas de final, e pelo Portland Thorns na semifinal. Já o Chicago Red Stars venceu o OL Reign, nos pênaltis, nas quartas, e o Sky Blue, na semi.

Na fase classificatória, o Dash disputou quatro partidas, com uma vitória, um empate e duas derrotas. Marcou cinco e sofreu gols.

Campanha:

Terça–feira, 30/6
Zions Bank Stadium, Herriman, Utah
Houston Dash 3×3 Utah Royals FC
Rachel Daly 46′ 1T, 2´ 2T (HD)
Shea Groom 22′ 2T (HD)
Megan Oyster 36′ 2T (HD)

Sábado, 4/7
Zions Bank Stadium, Herriman, Utah
23h Houston Dash 2×0 OL Reign
Kristie Mewis 12′ 1T
Shea Groom 9′ 2T

Quarta–feira, 8/7
Zions Bank Stadium, Herriman, Utah
23h Sky Blue FC 2×0 Houston Dash
Paige Monaghan 17′ 1T
Nahomi Kawasumi 34′ 1T

Domingo, 12/7
Zions Bank Stadium, Herriman, Utah
13h30 Washington Spirit 1×0 Houston Dash
Bayley Feist 16´ 1T

(Foto: twitter.com/NWSL)
Escalação da equipe para a final
(Foto: twitter.com/NWSL)

A equipe do Texas abriu o placar logo aos quatro minutos de jogo. Sophie Schmidt marcou de pênalti sofrido por Kristie Mewie. Na cobrança da penalidade máxima, Schmidt deslocou a goleira titular da seleção norte-americana, atual campeã da Copa do Mundo, Alyssa Naeher.

Na etapa final, o Chicago Red Stars, liderado por Julie Ertz, também campeã mundial na França, foi para o tudo ou nada em busca do empate, mas foi o Houston Dash que ampliou o placar em contra-ataque fulminante, aos 46 minutos. Shea Groom recebeu a bola em velocidade, avançou, driblou a goleira do Naeher, que saiu da área para desarmar a atacante, e tocou para o gol vazio.

Enquanto a bola rolava na final no estádio do Utah Royals, em Sandy, a NWSL anunciou a seleção do torneio, com a brasileira Debinha, do North Carolina Courage, entre as atacantes titulares. O Houston Dash teve duas jogadoras na equipe ideal do torneio, as meias Rachel Daly, também eleita a MVP (Most Valuable Player) do NWSL Challenge Cup, e Shea Groom. As duas ainda dividiram a artilharia do torneio com Lynn Williams, do North Carolina Courage, com três gols.

Ashley Sanchez, do Washington Spirit, foi eleita a “Future Legend”, prêmio para a melhor estreante, e a Luva de Ouro foi para Kailen Sheridan, do Sky Blue.

A seleção do torneio ficou assim: Britt Eckerstrom (Portland Thorns), Jaelene Daniels (NC Courage), Casey Short (Chicago Red Stars), Abby Erceg (NC Courage) e Julie Ertz (Chicago Red Stars); Rose Lavelle (Washington Spirits), Shea Groom (NC Courage) e Rachel Daly (Houston Dash); Lindsey Horan (Portland Thorns), Lynn Willims (NC Courage) e Debinha (North Carolina Courage).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here