Home Atlético Tucumán (Argentina) Copa Libertadores da América 2020 – 3ª fase – Jogos de volta

Copa Libertadores da América 2020 – 3ª fase – Jogos de volta

249
0
SHARE

Repórter Rafael Passos
Twitter @rafaelpassos82 Instagram @rafaelpassos82

G1
Quarta-feira, 26/2
Nueva Olla Azulgrana – Assunção (Paraguai) – 19h15
Cerro Porteño 0 x 4 Barcelona (Equador)
Enmanuel Martínez 34´ 1T
Fidel Martínez 21´ 2T
Damián Díaz 28´ 2T
Fidel Martínez 37´ 2T.
Placar agregado: Barcelona 5 x 0 Cerro Porteño

Foto: Norberto Duarte / AFP

O Barcelona de Guayaquil está classificado para o Grupo A da Copa Libertadores da América. Na noite desta quarta-feira (26), os equatorianos golearam o Cerro Porteño por 4 a 0, na Nueva Olla Azulgrana, em Assunção (Paraguai). A equipe do Equador já tinha vencido o jogo de ida, em Guayaquil, por 1 a 0, e anotou 5 a 0 no placar agregado. Agora, o Barcelona integrará a chave ao lado de Flamengo, Independiente del Valle e Junior Barranquilla.

Os gols da partida foram marcados pelo argentino Leandro Martínez aos 34 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Fidel Martínez ampliou aos 21, Damian Díaz fez o terceiro, aos 28, e Fidel Martínez fechou a goleada com um belo gol de cobertura, aos 37. Com oito gols nos seis jogos na Libertadores, Fidel Martínez já chega à fase de grupos como artilheiro isolado da Libertadores.

A estreia do Barcelona no grupo A será na próxima quarta-feira (4/3), em casa, no duelo equatoriano contra o Independiente del Valle. No dia 11, o adversário na segunda rodada será o Flamengo, no Maracanã.

O time equatoriano se tornou a primeira equipe da história da competição a garantir vaga na chave principal depois de passar por três fases eliminatórias.

Cerro Porteño 0 x 4 Barcelona (Equador)
Ficha Técnica
Arbitragem: Anderson Daronco (Brasil), auxiliado por Rodrigo Correa (Brasil) e Kléber Lúcio Gil (Brasil).
Gols: Enmanuel Martínez 34´ 1T, Fidel Martínez 21´ 2T, Damián Díaz 28´ 2T e Fidel Martínez 37´ 2T.
Cartões amarelos: Benítez, Amorebieta, Churín (CP); Marques, Alves, Castillo (BAR).
Cartão vermelho: Amorebieta (CP).

Cerro Porteño: Rodrigo Muñoz; Raúl Cáceres (Alberto Espínola), Juan Patiño, Fernando Amorebieta e Santiago Arzamendia; Ángel Cardozo, Víctor Cáceres, Federico Carrizo (Josué Colmán) e Jorge Benítez (Sergio Díaz); Óscar Ruiz e Diego Churín. Técnico: Francisco Arce.

Barcelona: Javier Burrai (Víctor Mendoza); Mario Pineida, Williams Riveros, Pedro Pablo Velasco e Anthony Bedoya; Bruno Piñatares, Fidel Martínez, Gabriel Marques, Emmanuel Martínez e Damián Díaz (Matías Oyola); Jonathan Alvez (Byron Castillo). Técnico: Fabián Bustos.

G2
Quinta-feira, 27/2
Nueva Olla Azulgrana – Assunção (Paraguai) – 19h15
Guaraní (Paraguai) 2 x 1 Palestino
Raúl Bobadilla 4′ 2T (GUA)
Rodney Redes 38′ 2T (GUA)
Leandro Benegas 46′ 1T (PAL)
Jogo de ida: Guaraní 3 x 1 Palestino

Foto: Guaraní/Twitter/Divulgação

O Guaraní do Paraguai confirmou classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Nesta quinta-feira (27), los Aurinegros venceram o Palestino, do Chile, por 2 a 1, na partida da volta da 2ª fase, disputada na Nueva Olla Azulgrana, em Assunção. Os paraguaios já haviam derrotados os chilenos na ida por 1 a 0.

Em desvantagem no placar agregado, o Palestino abriu o escore com Leandro Benegas abriu o placar aos 46 minutos do primeiro tempo. No entanto, na etapa final, Raúl Bobadilla igualou para os paraguaios logo aos quatro minutos e Rodney Redes virou aos 38.

O time paraguaio, que havia eliminado o Corinthians na segunda fase da Libertadores em São Paulo, entrou no Grupo B e, além do Palmeiras, vai enfrentar Bolívar, da Bolívia, e Tigre, da Argentina. A estreia do Guaraní será contra o time boliviano, em Assunção, na próxima quarta-feira (4/3).

Guaraní (Paraguai) 2 x 1 Palestino
Ficha Técnica
Local: Nueva Olla Azulgrana, em Assunção (Paraguai)
Arbitragem: Victor Carrillo (Peru), auxiliado por Jonny Bossio (Peru) e Michael Orue (Peru).
Gols: Raúl Bobadilla 4′ 2T e Rodney Redes 38′ 2T (GUA); Leandro Benegas 46′ 1T (PAL).
Cartões amarelos: Ángel Benítez (GUA); Felipe, Benítez (PAL).
Cartão vermelho: Benítez (PAL).

Guaraní: Gaspar Servio; Iván Ramírez, Rolando García Guerreño, (Nicolás Maná), Jhohan Romaña, Javier Báez, Guillermo Benítez; Rodney Redes, Jorge Morel, Ángel Benítez, Édgar Benítez (José Florentín); Raúl Bobadilla, (Fernando Fernández). Técnico: Gustavo Costas.

Palestino: Guruceaga; Soto, Sergio Felipe, (Matías Campos López), Acevedo, Díaz; Farías, Cortés, (Bryan Carrasco); Tarifeño, Benítez, Luis Jiménez, (Sebastián Cabrera); Benegas. Técnico: Ivo Basay.

G3
Terça-feira, 18/2
Monumental José Fierro (San Miguel de Tucumán) – 21h30
Atlético Tucumán 1 (2) x (4) 0 Independiente Medellín
Leonardo Heredia 20´ 1T
Placar agregado: Independiente Medellín 1 x 1 Atlético Tucumán. Nos pênaltis, o Independiente Medellín venceu por 4 a 2.

Nos pênaltis, Independiente Medellín vence o Atl. Tucumán e avança para a fase de grupos da Libertadores

O Independiente Medellín é o primeiro time classificado para a fase de grupos da Libertadores via fases preliminares. Nesta terça-feira (25), a equipe colombiana venceu o Atlético Tucumán, nos pênaltis, após derrota por 1 a 0 no tempo regulamentar. O gol da vitória argentina foi marcado por Leonardo Heredia aos 20 minutos da primeira etapa.

Como o time de Medellín havia vencido a partida de ida por 1 a 0, a decisão foi para os pênaltis e os visitantes venceram por 4 a 2.

Com a classificação, o Independiente Medellín integrará o Grupo H da Copa Libertadores da América. A chave também conta com Boca Juniors, Caracas (VEN) e Libertad (PAR).

Foto: Independiente Medellín/Twitter

Atlético Tucumán 1 (2) x (4) 0 Independiente Medellín
Ficha Técnica
Arbitragem: Alexis Herrera (Venezuela), auxiliado por Luis Murillo (Venezuela) e Lubin Torrealba (Venezuela).
Gol: Leonardo Heredia 20´ 1T
Cartões amarelos: Yonathan Cabral, Marcelo Ortiz, Javier Toledo, Ramiro Carrera, Nicolás Aguirre (AT); Andrés Cadavid, Juan Fernando Caicedo, Didier Delgado e Yulián Gómez (DIM).

Atlético Tucumán: Cristian Lucchetti; Luciano Monzón, Yonathan Cabral, Guillermo Ortiz e Marcelo Ortiz; Ramiro Carrera (Nicolás Aguirre), Cristian Erbes, Guillermo Acosta e Leonardo Heredia (Leandro Díaz); Javier Toledo e Lucas Melano (Augusto Lotti). Técnico: Ricardo Zielinski.

Independiente Medellín: Andrés Mosquera; Didier Delgado, Jesús Murillo, Andrés Cadavid e Yulián Gómez; Larry Angulo e Adrián Arregui; Maicol Balanta (Javier Reina), Andrés Ricaurte e Edwin Mosquera (Leonardo Castro); Juan Fernando Caicedo (Yesid Díaz Montero). Técnico: Aldo Bobadilla.

G4
Quarta-feira, 19/2
Estádio Beira-Rio – Porto Alegre (Brasil) – 21h30
Internacional 1 x 0 Deportes Tolima
Paolo Guerrero 49′ 1T
Placar agregado: Internacional 1 x 0 Deportes Tolima

Guerrero marcou o gol da vitória do Inter contra o Tolima (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

A vitória por 1 a 0 classificou o Colorado para o Grupo E da Libertadores, que tem Grêmio, Universidad Católica e América de Cali

Nesta quarta-feira (26), o Internacional venceu o Deportes Tolima por 1 a 0, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e avançou à fase de grupos da Copa Libertadores da América. Como o jogo de ida foi um empate sem gols em Ibagué, na Colômbia, a equipe gaúcha avançou à próxima fase pelo placar agregado de 1 a 0. O gol da classificação do Colorado foi marcado por Paolo Guerrero, nos acréscimos do primeiro tempo.

Aos 49 minutos do primeiro tempo, Marcos Guilherme tocou para D’Alessandro no lado direito da área, que driblou duas vezes o defensor Banguero e cruzou para o meio da pequena área, onde estava Paolo Guerrero, que se antecipou ao adversário e colocou para o fundo das redes. O peruano não marcava um gol desde o dia 26 de janeiro, há exatos um mês, no jogo contra o Pelotas pelo Gauchão

Agora, o Internacional avança à fase de grupos e está na chave E da Copa Libertadores da América, junto com Grêmio, Universidad Católica (CHI) e América de Cali (COL). A estreia está marcada para a próxima terça-feira (3/3), às 19h15min, contra a Universidad Católica, no Beira-Rio. Antes disso, porém, no sábado, a equipe alvirrubra viaja à serra gaúcha para enfrentar o Caxias às 19h, no Estádio Centenário, pela 1ª rodada da Taça Francisco Noveletto Neto, o 2º turno do Gauchão.

Internacional 1 x 0 Deportes Tolima
Ficha Técnica
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).
Arbitragem: Guillermo Guerrero (Equador), auxiliado por Christian Lescano (Equador) e Ricardo Barén (Equador). Quarto árbitro: Luis Quiroz (Equador). Assessor Internacional: Enrique Cáceres (Paraguai).
Gol: Paolo Guerrero, aos 49′ 1T.
Cartões amarelos: D’Alessandro, Marcos Guilherme e Rodinei (INT); Banguero e Quiñónes (DT).
Cartão vermelho: D’Alessandro (I).
Público: 32.342 pagantes (35.117 presentes)/Renda: R$ 1.452.590,00

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei (Moledo), Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Uendel; Musto, Edenilson, Rodrigo Lindoso (Marcos Guilherme) e Boschilia (Johnny); D’Alessandro e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

Deportes Tolima: Montero; Castrillón, Moya, Quiñónes e Banguero; Robles, Ríos (Albornoz) e Gordillo; Estupiñán (Miranda), Campaz e Rodríguez (Jorge Ramos). Técnico: Hernán Torres.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here