Home Futebol Feminino Seleção brasileira feminina bate a Polônia em amistoso internacional

Seleção brasileira feminina bate a Polônia em amistoso internacional

35
0
SHARE
A Seleção brasileira feminina enfrentou a Polônia no segundo compromisso na Europa (Foto: Laura Zago/CBF)
A Seleção brasileira feminina enfrentou a Polônia no segundo compromisso na Europa (Foto: Laura Zago/CBF)

Repórter Rafael Passos @rafaelpassos82 

A Seleção brasileira feminina venceu, nesta terça-feira (8), a Polônia em Kielce por 3 a 1. O amistoso internacional disputado Estádio Suzuki, em Kielce, foi o segundo da equipe treinada por Pia Sundhage na Europa. No último sábado, as Canarinhas superaram as inglesas por 2 a 1 em Middlesbrough, na Inglaterra. Os gols brasileiros no leste europeu foram marcados por Formiga, Tamires e Debinha. Małgorzata Mesjasz descontou para as donas da casa.

Na preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, este foi o quarto teste do selecionado brasileiro sob o comando da técnica sueca Pia Sundhage. Em agosto, o Brasil disputou um torneio amistoso em São Paulo, onde goleou a Argentina por 5 a 0 e empatou sem gols com o Chile, mas quando foi derrotado nos pênaltis na disputa do título.

Passados os amistosos no velho continente, o próximo compromisso da seleção será um torneio na Ásia entre os dias 4 e 12 de novembro. O Brasil enfrentará a China, anfitriã, além de Nova Zelândia e Mianmar. Atualmente o Brasil ocupa a 11ª do ranking da Fifa. A China é 16ª, Nova Zelândia é 23ª e Mianmar é 45ª.

O Brasil abriu o placar aos nove minutos do primeiro tempo com Formiga, de cabeça, após cobrança de escanteio de Andressa Alves. A volante brasileira de 41 anos, que atua no Paris Saint-Germain, marcou o seu 28º gol em 193 partidas pela seleção (2 gols em 2019), cabeceou no canto direito da goleira Katarzyna Kledrzynek, sua companheira de PSG.

Na etapa final, Pia fez mexidas na equipe: entram Kathellen, Debinha e Luana, nos lugares de Poliana, Thaísa e Victoria. Aos quatro minutos, a jogadora do Corinthians ampliou o marcador. Debinha fez jogada pela direita e da linha de fundo, cruzado para o meio da área e a lateral-esquerda concluiu sem marcação. 2 a 0. A camisa 6, de 31 anos, marcou seu 5º gol com a camisa da verde e amarela em 97 partidas.

Seis minutos, as polonesas descontaram com Małgorzata Mesjasz, 21 anos, de cabeça após cobrança de falta ensaiada. O golpe da atleta do FFC Turbine Potsdam, da Polônia, foi no canto esquerdo da arqueira brasileira Bárbara. A camisa 1 do Brasil, aliás, fez uma atuação destacada com boa defesas.

Aos 33 minutos, Debinha deixou a sua marca. A camisa 9 já havia marcado os dois gols da vitória sobre a Inglaterra e dado uma assistência contra a Polônia. A atacante North Carolina Courage (EUA) marcou de ‘barriga’, alá Renato Portaluppi, empurrando a bola para o gol após bela jogada de Ludmila, que veste a camisa colchonera do Atletico Madrid. Polônia 1 a 3 Brasil. Debinha se tornou a artilheira da seleção na era Pia Sundhage, agora com quatro gols (também marcou no 5 a 0 sobre a Argentina, na estreia da treinadora).

A goleira Bárbara teve atuação destacada na Polônia (Foto: Laura Zago/CBF)
A goleira Bárbara teve atuação destacada na Polônia (Foto: Laura Zago/CBF)

Brasil 🇧🇷 3×1 🇵🇱Polônia
Ficha Técnica
Local: Estádio Suzuki, em Kielce (Polônia).
Gols:
⚽Małgorzata Mesjasz (FFC Turbine Potsdam-POL) 12´ 2T (POL)
⚽Formiga (PSG) 9´ 1T (BRA)
⚽Tamires (Corinthians) 4´ 2T (BRA)
⚽Debinha (North Carolina Courage-EUA) 33´ 2T (BRA)

Cartões amarelos: Ewa Pajor, Martyna Wiankowska (POL); Erika (BRA)

Polônia: Kiedrzynek; Olszewska, Grzywinska, Mesjasz, Chudzik, Matysik, Balcerzak, Grabowska, Kamczyk, Winczo e Ewa Pajor. Técnico: Miłosz Stępiński.

Brasil: Bárbara; Poliana (Kathellen), Erika, Daiane e Tamires; Thaisa (Luana), Formiga, Andressa Alves (Maria) e Marta (Bia Zaneratto); Victória (Debinha) e Ludmila (Aline Milene). Técnica: Pia Sundhage.

Esse texto que você está lendo tem o apoio de Weefe Uniformes Esportivos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here