Home Destaque Inter supera o VAR e a Chapecoense e segue no G-4 do...

Inter supera o VAR e a Chapecoense e segue no G-4 do Brasileirão

162
0
SHARE
Rodrigo Lindoso deu a vitória Inter contra a Chapecoense (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Rodrigo Lindoso deu a vitória Inter contra a Chapecoense (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Repórter Rafael Passos

Ainda lambendo as feridas após a derrota na final da Copa do Brasil, o Internacional voltou a atuar diante de sua torcida. Na manhã deste domingo (22), o time treinado por Odair Hellmann venceu a Chapecoense no Beira-Rio por 1 a 0, pela 20ª rodada do Brasileirão, com gol de Rodrigo Lindoso.

Com a vitória, o Colorado chega aos 36 pontos e permanece no G-4 do Brasileirão. Os gaúchos estão a três pontos do Palmeiras, porém, com um jogo a menos, uma unidade atrás do Santos e a nove do Flamengo. A Chapecoense, por sua vez, soma apenas 14 pontos e segue em 19º, podendo até terminar a rodada na lanterna, a 4 pontos do Fluminense, primeiro time fora do Z-4.

Os mais de 24 mil torcedores que foram ao Beira-Rio vaiaram o treinador Odair Helmann e os jogadores Uendel, Patrick e Edenilson durante o anúncio da escalação nos telões. Além da pressão da torcida, o time teve que superar também com a arbitragem e o VAR para vencer os catarinenses. O Inter marcou dois gols, que foram anulados após consulta da arbitragem ao recurso de vídeo.

No primeiro tempo, Wellington Silva foi flagrado em posição irregular após o lançamento de Nico Lopez, mas o VAR viu que Guerrero tocou na bola antes dela chegar no camisa 11, o que o deixou impedido. Na etapa final, o Internacional teve mais um gol anulado. Aos 34, Nico cruzou para Guilherme Parede, que, de cabeça, passou para Neilton marcar. No entanto, após consulta ao VAR, o árbitro Diego Pombo Lopez (BA) anulou o tento devido a uma falta de Edenilson em Bruno Pacheco.

Em meio a murmúrios da torcida, o Inter encontrou o caminho do gol, desta vez validado. Após escanteio cobrado por Nico, Guerrero tocou de cabeça e Moledo cabeceou para o gol, mas Tiepo fez uma defesa. Porém, o rebote caiu no pé de Rodrigo Lindoso, que empurrou bola para as redes e dar a vitória ao Inter por 1 a 0.

Na 21ª rodada, o Internacional encara o Flamengo, no Maracanã, na próxima quarta-feira (25), às 21h30min (horário de Brasília). Já a Chapecoense teve o duelo contra o Corinthians adiado em virtude da participação corinthiana na Copa Sul-Americana. Por isso, o Verdão volta a jogar apenas no domingo (29), às 19h (horário de Brasília), na Arena da Baixada, contra o Athletico Paranaense.

Internacional 1 x 0 Chapecoense
Ficha Técnica
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA), auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA-BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP), AVAR 1: Douglas Marques das Flores (SP) e Douglas Marques das Flores (BA).
Gol: Rodrigo Lindoso 39´ 2T
Cartões amarelos: Tiepo, Gum, Camilo, Everaldo (CHA)
Público: 20.104 pagantes (24.362 presentes)/Renda: R$ 904.128,00

Internacional: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel (Neilton); Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick; Wellington Silva (Guilherme Parede) e Nico López (Sarrafiore); Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Gum (Maurício Ramos), Rafael Pereira (Douglas) e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Camilo; Renato (Henrique Almeida), Arthur Gomes e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

Esse texto que você está lendo tem o apoio de Postos JA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here