Home Destaque Everton decide, Grêmio vence o Palmeiras de virada e vai à semifinal...

Everton decide, Grêmio vence o Palmeiras de virada e vai à semifinal da Libertadores

83
0
SHARE
Everton fez o gol de empate e construiu a jogada passando por cinco adversários para Alisson marcar o segundo (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Everton fez o gol de empate e construiu a jogada passando por cinco adversários para Alisson marcar o segundo (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Repórter Rafael Passos

Em mais uma noite que a imortalidade foi posta à prova, o Grêmio venceu o Palmeiras de virada e se classificou à semifinal da Libertadores da América. Nesta terça-feira (28), o time comandado por Renato Portaluppi precisou de reverter o resultado ruim do primeiro jogo e superou o Verdão de Felipão e da Dona Leila em pleno Pacaembu lotado com 36.081 torcedores (2.072 eram gremistas).

Agora, o Grêmio espera a quarta-feira para conhecer seu adversário nas semifinais, que será o vencedor do confronto entre Internacional e Flamengo. Os times se enfrentam às 21h30min, no Beira-Rio. Os cariocas venceram o primeiro embate por 2 a 0. As semifinais serão disputadas nas semanas de 2 e 23 de outubro. A decisão será em jogo único, em Santiago, no Chile, dia 23 de novembro.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio enfrenta o São Paulo, sábado (31), às 11h, no Morumbi. Já o Palmeiras visita o Flamengo, domingo, às 16h, no Maracanã.

O jogo

Primeiro tempo

Alisson comemora após marcar para o Grêmio sobre o Palmeiras Getty Images
Alisson comemora após marcar para o Grêmio sobre o Palmeiras Getty Images

O Palmeiras criou sua primeira chance logo aos três minutos quando Luiz Adriano arrancou pela direita, driblou Kannemann e bateu colocado, para boa defesa de Paulo Victor. Aos 13, o próprio ex-colorado jogador colorado Luiz Adriano abrir o placar para o Palmeiras e aumentou a vantagem alviverde no placar agregado para 2 a 0. Dudu cobrou escanteio na área, a bola bateu e subiu, o arqueiro gremista Paulo Victor saiu mal do gol e a bola sobrou para Luiz Adriano, que tocou para as redes.

Ai apareceu o poder de decisão de Everton. Em dois lances, o artilheiro da Copa América pela seleção brasileira colocou a bola debaixo do braço e resolveu para o Tricolor. Aos 18 minutos, o Cebolinha aproveitou levantamento de Alisson na área, e com um toque de perna esquerda encobriu o goleiro Weverton para deixar tudo igual no jogo: 1 a 1.

Quatro minutos depois, o camisa 11 arrancou do meio-campo, deixou cinco palmeirense para trás e entrou na área onde foi travado por Weverton, porém, a bola sobrou para Alisson, que só empurrou para as redes. 2 a 1. O resultado dava a vaga aos gaúchos.

Depois de passar o atordoamento pela virada, o Palmeiras assustou em dois lances no final do primeiro tempo. Aos 41, Scarpa cobrou falta, Kannemann tirou de cabeça a cobrança e a sobra ficou com Willian que chutou de primeira e acertar a trave direita. No minuto seguinte, em novo levantamento, Paulo Victor não cortou, Willian desviou e a bola passou muito perto do canto esquerdo.

Segundo tempo

Na segunda final, o técnico palmeirense Luiz Felipe Scolari promoveu uma troca no seu ataque: Willian deu lugar para Deyverson. No entanto, o Verdão não conseguiu incomodar a defesa gremista.

E foi do Grêmio a melhor chance de gol. Aos 28, Jean Pyerre recebeu na entrada da área e desferiu um chute colocado exigindo grande defesa de Weverton. Aos 44 minutos, Pepê teve a chance de marcar o terceiro, mas chutou por cima.

O milionário Palmeiras buscou desesperadamente o empate com bolas levantadas na área, mas a defesa tricolor estava atenta. O árbitro argentino Néstor Pitana deu seis minutos de acréscimo e aos 47 ele foi chamado polo VAR para analisar um suposto toque de mão de Rômulo na área. Mesmo diante os protestos dos jogadores tricolores, Pitana foi ver a imagem na beira do campo, mas mandou a jogada seguir. Mas, não havia tempo mais nada e o Grêmio conquistou a vaga.

Palmeiras 1 x 2 Grêmio
Ficha Técnica
Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), em São Paulo
Arbitragem: Néstor Pitana (Argentina), auxiliado por Hernán Maidana (Argentina) e Ezequiel Brailovsky (Argentina). VAR: Daniel Fedorczuk (Uruguai); AVAR 1: Alexis Herrera (Venezuela) e AVAR 2: Nicolás Tarán (Uruguai).
Gols: Luiz Adriano 14′ 1T (PAL); Everton 18′ 1T e Alisson 22′ 1T (GRÊ)
Cartões amarelos: Marcos Rocha (PAL); Geromel, Maicon, Matheus Henrique, Alisson e Jean Pyerre (GRÊ)
Público: 34.541 pagantes (36.081 presentes)/Renda: R$ 1.847.047,50

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique (Raphael Veiga) e Gustavo Scarpa (Zé Rafael); Dudu, Willian (Deyverson) e Luiz Adriano. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Rômulo), Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre, Everton; André (Pepê). Técnico: Renato Portaluppi.

A informação é um oferecimento de Centro Esportivo Rodrigo Mendes 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here