Home Destaque Com um jogador a menos, Goiás vence o Inter de virada nos...

Com um jogador a menos, Goiás vence o Inter de virada nos acréscimos

164
0
SHARE
O Esmeraldino encerrou um jejum de sete jogos sem vitória (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)
O Esmeraldino encerrou um jejum de sete jogos sem vitória (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)

Repórter Rafael Passos

Depois de sete jogos, o Goiás voltou a conquistar os três pontos. Neste domingo (25), o Esmeraldino venceu os reservas do Internacional por 2 a 1 de virada no Serra Dourada, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Colorado saiu na frente na primeira etapa, com Guilherme Parede. No segundo tempo, Michael e Rafael Vaz, já nos acréscimos, deram o triunfo aos alviverdes.

Aos 11 minutos do primeiro tempo, o atacante do Goiás Michael saiu jogando errado, Rithely e Léo Sena disputaram a bola, que sobrou para Wellington Silva. O camisa 11 deu um passe na medida para Guilherme Parede livre dentro da área para bater na saída do goleiro Tadeu e abrir o placar. Internacional 1 a 0.

Logo após a bola balançar as redes, o árbitro baiano Marielson Alves Silva foi chamado para consultar o VAR. O lance em revisão era uma possível falta para cartão vermelho de Léo Sena em Rithely, na origem da jogada. Após assistir o vídeo, o juiz decidiu anular o cartão amarelo dado ao volante do Goiás e mostrar o vermelho. Na dividida de Léo Sena com Rithely, o atleta do time jogador goiano pula para tentar fugir do carrinho, mas acaba acertando com o joelho a cabeça do jogador colorado.

Na segunda etapa, o Esmeraldino empatou com Michael aos 25 minutos. A joia do Goiás recebeu de Kaike, invadiu a área pelo lado esquerdo, driblou Emerson Santos e Bruno Silva e chutou no canto direito, sem chances para Marcelo Lomba. 1 a 1. Depois de sofrer o empate, o Inter foi para cima em busca do segundo gol. Guilherme Parede Parede, aos 38, e Nico López, aos 40 minutos, desperdiçaram chances claras. A má fase do uruguaio parece não querer acabar. Agora, Nico não marca há 23 jogos.

Já nos acréscimos, aos 50 minutos, Klaus cometeu falta na entrada da área pelo lado direito. Rafael Vaz bateu com perfeição no ângulo destro do goleiro Marcelo Lomba para virar a partida.

O resultado deixa o Internacional com 24 pontos, na sétima colocação. Já o Goiás sobe para o 11º lugar, com 21 pontos. Pelo Campeonato Brasileiro, o Inter recebe o Botafogo no sábado (31), às 21h, no Estádio Beira-Rio. Mas antes o Colorado tem o jogo do ano pela frente. Na quarta-feira, enfrenta o Flamengo também no Beira-Rio, às 21h30, pelo jogo de volta das quartas de final da Libertadores. O time de Odair Hellmann precisa reverter a derrota por 2 a 0. O Goiás, por sua vez, visita o Fortaleza no domingo (dia 1º de setembro), às 16h, no Castelão, em Fortaleza.

Guilherme Parede marcou seu 3º gol em 2019 e o 1º no Brasileirão (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Guilherme Parede marcou seu 3º gol em 2019 e o 1º no Brasileirão (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Rafael Vaz marcou e cobrança falta e Goiás buscou a vitória nos acréscimos do segundo tempo (Foto: Goiás EC)
Rafael Vaz marcou e cobrança falta e Goiás buscou a vitória nos acréscimos do segundo tempo (Foto: Goiás EC)
O Esmeraldino encerrou um jejum de sete jogos sem vitória (Foto: Goiás EC)
O Esmeraldino encerrou um jejum de sete jogos sem vitória (Foto: Goiás EC)

Goiás 2 x 1 Internacional
Ficha Técnica
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Arbitragem: Marielson Alves Silva (BA), auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA). VAR: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP); AVAR 1: Vinicius Furlan(SP) e AVAR 2: Cleriston Clay Barreto Rios (SE).
Gols: Michael 25′ 2T e Rafael Vaz 50′ 2T (GOI); Guilherme Parede 11′ 1T (INT)
Cartões amarelos: Leandro Barcia, Michael (GOI); Klaus, Guilherme Parede (INT)
Cartões vermelhos: Leó Sena (GOI)
Público: 7.086 pagantes (8.634 presentes)/Renda: R$ R$ 135.500,00

Goiás: ​Tadeu; Yago Rocha (Geovane), Rafael Vaz, Fábio Sanches e Jefferson; Léo Sena, Yago Felipe e Marcelo Hermes; Michael, Kayke (Renatinho) e Rafael Moura (Leandro Barcia). Técnico: Ney Franco.

​Internacional: ​Marcelo Lomba; Zeca, Emerson Santos, Klaus e Natanael (Erik); Rithely (Sarrafiore), Bruno Silva, Nonato; Nico López, Wellington Silva (Pedro Lucas) e Guilherme Parede. Técnico: Odair Hellmann.

Esse texto que você está lendo tem o apoio de Araújo Segurança

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here